SOCIAL MEDIA

13/07/2017

10 coisas que aprendi com o blog


Tudo na vida traz aprendizado e com o blog não pode ser diferente! Muitos são os blogueiros de carteirinha, que possuem blogs desde os primórdios quando esta ferramenta passou a ganhar popularidade e com tantas mudanças e evoluções tem muita história pra contar. Meu primeiro blog (e mais outros quinhentos) eu criei aos 12 anos, ainda lá em 2007, 2008, então não preciso falar que tenho o que falar hehehe

Então vamos pontuar o que interessa e ver se alguém mais se identifica:

1. Reconhecer meu potencial

Sempre achei muito mais fácil me encantar com pessoas, principalmente as figuras públicas, e pensar "como essa pessoa é incrível!" ou "como essa pessoa é boa no que faz!" e achar que eu fosse apenas uma figurante com nenhum papel admirável no mundo. Não importa se eu tivesse minhas coisas diárias pra fazer, nada parecia relevante. Mas dedicar um tempo para atualizar e desenvolver um blog me deu uma luz de que sim, eu posso fazer algo, e muito bem feito, porque eu tenho potencial para tal coisa! E cuidar do blog sempre foi algo tão "natural" pra mim no sentido de algo "instintivo" mesmo, como se eu realmente precisasse fazer aquilo e fosse minha vocação.

2. Escrever faz muito bem

Para se aventurar na Blogosfera você precisa: 1. Gostar muito de ler; e 2. Gostar muito de escrever. Não necessariamente você precisa ser um blogueiro, mas talvez um leitor assíduo ou fantasminha mesmo, rs, mas se você quer ter um blog, você não precisa só saber o alfabeto ou organizar algumas frases e dominar gramática, mas sim gostar de escrever no sentido denotativo: expressar suas emoções em palavras; sensibilizar o outro com ideias representadas em textos; e afins. 

E poder dedicar algumas horas da semana corrida e pausadamente concretizar algo que minha mente precisava pôr para fora é super reconfortante, uma terapia!

3. HTML

Eu quando adolescente nem fazia ideia do que era esse tal de HTML e muitos menos sonhei em aprender a interpretar os "danados" desses códigos. Não lembro exatamente do meu primeiro contato com o dito cujo, mas não é que eu não tive medo nenhum dele? Saía fuçando tudo, aprendendo a mudar cor de link, endereço de imagem, e principalmente, a estragar layouts e bugar tudo por ter apagado uma coisinha que não era para apagar e assim, em fim, fui aprendendo e dominando essa figurinha que um blogueiro, querendo ou não, precisa ter uma certa intimidade.

4. Edição de imagens

Tá aí outra coisinha que a gente aprende na marra. Não importa se você é profissional, freelancer, se usa editores on-line ou o queridinho PhotosScape... Algum percentual de nossas atividades com o blog é reservada para montar imagens para posts, para o cabeçalho, redes sociais, etc. E foi nessa longa caminhada do Paint ao Photoshop que eu comecei a me interessar por Design Gráfico sem antes mesmo saber qual essa área, mas simplesmente desenvolver edições gráficas mexem comigo de forma tão intensa quanto mexer com HTML e tudo isso foi estimulado por quê? Por causa do blog! Tanto que só voltei a trabalhar com webdesign e artes gráficas depois que criei o blog.
5. Superar a timidez

Isso não acontece com todo mundo, mas tem muitas pessoas que sentem vergonha de dizer que tem blog para os conhecidos porque simplesmente... são tímidas. Às vezes me parecia surreal imaginar algum conhecido lendo o que eu escrevo no meu blog porque presencialmente sou mais fechada e eu só conseguia pensar que poderiam me achar uma pessoa diferente, tipo, suuuuper diferente. Isso era muito forte quando eu era adolescente, porque eu era um trilhão de vezes mais tímida e triste, então meu primeiro blog me fez uma espécie de Hannah Montana, onde eu poderia ser realmente quem eu sou, coisa que na vida social eu não conseguia por barreiras pessoais e além disso.

Hoje eu sou uma pessoa muito mais confiante em "n" aspectos, e o fato de eu me sentir realizada com o blog me fez pôr a cara à tapa e interagir mais com as pessoas; me fez "abrir o olho" e enxergar que as pessoas podem me entender e eu posso me soltar mais sem medo do que vão pensar.

- Leia também: Desabafo de uma tímida e introvertida.

6. Posso superar pensamentos negativos

Fui uma criança e adolescente muito deprimida, sabe a incapacidade de sentir bem consigo mesma? Eu sei bem o que é passar por isso. Então qualquer coisa me abalava ou eu mesma alimentava pensamentos negativos e situações que me faziam mal porque eu simplesmente não conseguia ver um futuro pra mim muito menos o momento presente como algo que me fizesse uma pessoa realizada como as outras pessoas ao meu redor pareciam ser. E diante de um ano cheio de incertezas, criar o blog e passar a publicar nele me fez desviar de muita coisa ruim que estava acontecendo e que eu estava sentindo. Não consigo imaginar como eu me sentiria se não tivesse criado o blog ano passado e sou totalmente incapaz de mensurar o bem que ele me fez, e até a "cura" que me proporcionou.

7. Posso ajudar as pessoas

Tem posts que a gente escreve com a real intenção de passar conhecimento e ajudar a quem precisa ou estar passando por uma situação "x", e não esperamos o impacto que isso traz pra quem tá do outro lado da tela só à procura do que estamos oferecendo ou só esperando a nossa palavra amiga pra fazer o dia dela melhor. Eu acredito que a gente se dá conta que estamos no caminho certo quando de repente recebemos uma simples mensagem de "você me ajudou", "era isso que eu precisava", "eu adoro seu blog", "ganhou um seguidor fiel", "agora tenho o nome do meu blog por causa do seu post" e "esse texto é pra mim!" e só assim a ficha cai e no meu caso eu pude ver que meu objetivo foi alcançado e que as recompensas pela minha dedicação podem ser ainda maiores do que eu posso imaginar.

8. Ainda existem amizades virtuais

Quando eu vejo o pessoal se ajudando, dedicando um tempinho para fazer um comentário, aquela leitura no texto que você passou horas escrevendo, compartilhando algo que você publicou, e tudo isso de forma totalmente sincera, gratuita, e longe de spams ou interesses egoístas eu entendo que é possível sim criar laços na Blogosfera, e muitos, basta a gente querer! É incrível como quando eu voltei a mexer com blogs eu me sentia muito sozinha, daí eu precisei só de um pouquinho de interação e já conhecia dezenas de blogueiros que passaram a me conhecer e a me acompanhar, da mesma forma que me sinto igualmente feliz por vê-los conquistar muitas coisas bacanas.

9. Há muita coisa legal para ler

Sabe, há quem pense que os blogs não tem mais vez, que hoje é a Era do Youtube, que o que as pessoas gostam mesmo é de assistir a vídeos e de admirar as pessoas que elas conseguem ver fisicamente na tela... Mas os blogs ainda estão com tudo! É só fazer uma busca no Google por algo que você queira ler e buscar por blogs que atendem aos seus interesses e você vai encontrar muita coisa legal, que você nem sabia que existia e que você precisava conhecer, e só foi possível ter acesso a essa informações graças a... Blogueiros! Eu costumo pensar que blogs são universos diferentes, e cada blog é um mundo único, com informações expressas de um jeito próprio, e cabe a nós fazer uma visitinha em um pouco de cada um e reconhecer e agradecer pelos inúmeros trabalhos feitos pela imensa rede que é a Blogosfera.

10. Blogar é algo que deve ser feito por amor!

Sei que hoje em dia as pessoas pensam em números, em objetos que você tem, na vida que você tem, no "sucesso" ou fama que você tem, mas uma coisa é certa: Blogar não é pra todos. Criar um blog qualquer pessoa pode criar, ir em alguma plataforma e apertar o botão de "Criar um blog", mas ser blogueiro é algo que vai além da simples frase de "Eu tenho um blog": É ter uma paixão, um hobby ou até mesmo um trabalho, mas ter algo que você gosta de mexer, de escrever, de desenvolver, de dedicar seu tempo, suas horas de sono, de ir atrás de coisas novas, de pesquisar, de criar e buscar imagens e outras dezenas de atividades que fazem parte da rotina de um blogueiro. Os blogs que prevalecem são aqueles que tem uma pessoinha que se relaciona intrinsecamente com aquele cantinho que ela criou, então, meus amigos, sem amor, meu blog nada seria...

Eita que acabou sendo um textão, mas valeu à pena vai! hehehe
Confesso que hoje sou mais "leve" no sentido da rotina com o blog (responder aos comentários, entrar no Blogger, programar posts e divulgar no Facebook) por causa das novas atividades e projetos na minha vida, mas sou grata por tudo e por hoje ainda poder me sentir bem por passar quase duas horas produzindo esse post e reconhecer que a chama da Blogosfera ainda vive em mim! 
Sintam-se abraçados :)

comentário(s) pelo facebook:

20 comentários :

  1. Parece que mesmo sendo pessoa diferente só o fato de amarmos blogar as aprendizagens são semelhantes.😍
    https://jessicavegomes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Posso confirmar que tudo isso acontece mesmo, pois aconteceu comigo! Ter um blog só faz bem! Conheci novas pessoas, expandi meus horizontes através de novos aprendizados, pude exercitar minha vocação, reconheci no que eu precisava melhorar, o que eu precisava mudar/ajustar para fazer melhor, enfim, cada coisa que você disse aqui eu posso confirmar Juh!

    E toda vez que eu venho aqui, eu me apaixono ainda mais pelo seu blog! Que lindo esse layout! Meu Deus, estou apaixonada! Você é uma das blogueiras que eu mais admiro! Continue esse trabalho lindo <3
    Beijos,
    senhoritadeise.com

    ResponderExcluir
  3. Já disse que amo seu blog Ju? Nem sempre comento, mas tô toda semana aqui para ver o que tem de novo e admirar os seus templates m-a-r-a-v-i-l-h-o-s-o-s. Blogar é algo maravilhoso. Desde criança (10-11 anos é criança né? Ou seria pré-adolescente? nunca sei kkk), eu gosto de escrever e editar imagens. É algo muito natural e intuitivo para mim. Eu lembro que meu pai baixava uns programas de edição para mim e eu ficava lá trocando fazendo mil e uma 'enjambrações' para trocar a cor do cabelo, cor dos olhos, mexer nas iluminações das imagens. Também gostava de fazer minhas próprias 'dolls'no paint haha (nossa me senti muito velha agora, minha irmã mais nova nem sabe o que é dolls, nem sei se o dollsmaker ainda existe, mas lembro que eles ensinavam como fazer as nossas próprias no paint). Mas enfim, era algo natural para mim assim como desenhar e escrever sempre foi. Desenvolvi o gosto pela escrita porque até os 12 anos eu era muito tímida e passei por umas situações não muito legais na escola, e escrever era a minha forma de extravasar. De colocar para fora tudo aquilo que me machucava por dentro. Tudo aquilo que guardava. E cara, escrever faz um bem danado! Então quando os blogs começaram a aparecer eu quis muito ter um, mas me sentia muito insegura, porque ok, ainda me importo um pouco com o que pensam de mim. E blog é algo muito pessoal, né?Eu me sinto 'nua' a cada texto autoral que escrevo, mesmo que não tenha necessariamente relação comigo. Mas desde que criei o blog, me sinto muito bem. E o melhor disso é o retorno, são amizades, os laços que criamos. Beijão

    ResponderExcluir
  4. Realmente superar a timidez é uma verdade! Eu ja fui muito timida, e eu tenho meu blog a mais de 3 anos e com isso muito coisa mudou e o blog acaba sendo uma ferramenta que a gente se expressa bastante. Em questao de html tambem, a gente aprende muita coisa.

    Amei o tema do post! Muito interessante em pensar o quanto a gente aprende.
    Beijos.

    Blog Vitoria Martini ♡

    ResponderExcluir
  5. Acho que esse primeiro tópico, "reconhecer o meu potencial", é o ponto em que ter um blog mais me ensinou. A gente nunca sabe de fato do quanto é capaz até decidir fazer. E esse fazer de blogar, onde criamos contatos e recebemos feedbacks é o melhor jeito de vermos o quanto temos potencial.

    Amei o post ♥

    ResponderExcluir
  6. Juh tô adorando o seu trabalho , como você disse ser blogueira tem que amar o que faz, espero que dê tudo certo pra você , continue assim ♡
    beijitos♡

    ResponderExcluir
  7. Que bacana ,isso super verdade ,superei muitas coisas com o blog ,e pretendo permanecer e mudar bastante ..gostei do post
    SUCESSO
    XD

    ResponderExcluir
  8. amei o post!
    Acredito que esses aprendizados vem para todos que um dia pega o blog para valer, o que eu acho incrível o retorno começa nessas simples coisas, nesses aprendizados. Infelizmente ainda não consegui viver o 5 e o 6 que são coisas que atrapalham muito e me impedem de fazer muitas coisas...
    Enfim, parabéns pelos aprendizados.

    Beijão!

    ResponderExcluir
  9. Oi Ju!
    Que post mais amorzinho o teu.
    Acho que muitas das coisas que tu citou, eu aprendi também.
    Também aprendi html depois que comecei a blogar, pois gostava de fazer as coisas do meu jeitinho.
    E o que mais amo na blogosfera é a amizade que fazemos através do blog, isso não tem nada que pague.

    Beijos

    tudojuntoemisturado.info

    ResponderExcluir
  10. Muito amor em um post! Concordo e aprendi tudo o que você comentou, blogar me ajudou a passar por tantas coisas <3

    ResponderExcluir
  11. Olá! Eu aprendi muita coisa com meus anos de blog também. Muitas coisas estão na sua lista, principalmente a edição de fotos e html que, para alguém que não tem como bancar esses custos, tem que aprender a fazer sozinha.
    Já a questão da timidez... Eu continuo igual. Eu sempre fui tímida, mas consigo me expressar bem nos textos, por isso essa questão não mudou.
    Mas, nossa, como ter um blog nos faz crescer, né?
    Sucesso! Beijos <3

    ResponderExcluir
  12. Das coisas que você aprendeu com o blog acho que a única que não compartilho é ter superado a timidez, nas demais concordo contigo.

    ResponderExcluir
  13. Muito bom o post, pude me ver em vários tópicos <3 eu tbm sempre fui muito tímida, ainda hoje sou, mas o blog me proporcionou também essa mudança de realmente, como você falou : "dar a cara a tapa"! Também amo muito Design Gráfico e com o blog pude tbm aperfeiçoar erra área. Quem tem um blog consegue, realmente, desabafar e ajudar as pessoas. É um misto de sentimentos. Todo dia uma descoberta! Beijocas lindona ♥

    Sorriso Jovem

    ResponderExcluir
  14. Ai, também deixei de ser tímida por causa do blog, principalmente do youtube! Achei demais que o BLOG te ajudou e muito! Como não amar a blogosfera? Beijos Jú :)

    ResponderExcluir
  15. Bons tempos, que saudade da minha época de zip.net! E realmente, blogar deve ser uma coisa que deve ser feita por amor e não com segundas intenções. Acho que o que eu mais sinto falta é da sinceridade que os blogs daquela época traziam! Amei o post! ♥

    Natxhypy

    ResponderExcluir
  16. Nossa nem fale de HTML viu porque aprendi na marra isso e com o blog kkkkkkkkkk

    Beijinhosss ;*
    Blog Resenhas da Pâm

    ResponderExcluir
  17. Oi Juuu, tudo bem? Eu adorei suas respostas e to pensando em fazer um post tipo esse pra dar uma animada, pq as vezes bate uma falta de inspiração...

    Adoro seu blog! bjuuuu
    http://www.bybruni.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Esse tópico 2 é tão verdadeiro!

    Seu post acabou de mudar minha visão sobre ter um blog. Quando eu fiz o meu, pensei unica e exclusivamente em me divulgar como autora e percebi que era muito difícil. Eu não sou muito familiarizada com a blogosfera e não me intitulo blogueira e pensei em abandonar o blog várias vezes =( mas escrever me faz tão bem que decidi continuar, seja no blog ou com meus livros, eu não posso parar.
    HTML é um bixo de sete cabeças para mim e o canva eu vou aprender a mexer agora usando o seu post rs.
    Amei a sua lista s2
    Beijos
    C.David
    www.cinthiacavalieredavid.wordpress.com

    ResponderExcluir
  19. Adorei o post! Todos esse pontos são muito importantes e a gente só percebe isso depois de um tempo! Se todo mundo tivesse esse ponto de vista, com certeza o seria um lugar de paz pra quem escreve, mas as vezes a gente fica se comparando e acaba ficando um pouco triste e não pensa nessas coisas. <3

    https://paula-salgado.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Uau amei eu comecei agora a pouco meuso blog e minha idéia é fazer amizades mesmo nunca tenho ninguém pra conversar RS aí quero contar novidades dizer o que achei de tal produto essas coisas Beijo adorei tudo.

    www.daysesouzablog.blogspot.com

    ResponderExcluir