SOCIAL MEDIA

14/11/2016

PLÁGIO X INSPIRAÇÃO: O que um blogueiro deve saber


Quando se sabe que alguém tem um blog, o mínimo que se espera é que esse alguém produza seu próprio conteúdo. Afinal, quem escreve para um blog ou para qualquer outro nicho é responsável por passar aos leitores o que tem de melhor e o que não cabe apenas nos seus pensamentos. E é nas linhas de cada parágrafo que vamos reconhecendo a pessoa do outro lado da tela, no caso, o blogueiro, sua sinceridade e empenho em escrever.

Mas quem nunca ouviu falar no CTRL + C ou no CTRL + V? Traduzindo, o "copia-e-cola", acessível quando se quer reproduzir algo já feito e sem necessidade de alteração, afinal, já está tudo pronto não é mesmo? Para trabalhos de escola pode até parecer legal copiar textos prontos da Wikipedia - mas não é tão legal assim - e na Blogosfera isso também não é nada desejável.

Por quê? O que são os blogs se não espaços únicos, que refletem pessoas únicas, com conteúdos e leitores únicos. Um blogueiro que sabe o valor que seu blog tem se preocupa com o que escreve, se dedica e dá o melhor de si até chegar no resultado final do seu texto. Blogar é um ato de amor, mas requer trabalho. E dependendo do conteúdo, muito trabalho mesmo, e claro, muita inspiração. Agora imagina que alguém simplesmente "rouba" esse texto final e o reproduz em seu blog como se fosse seu. É justo? Faz sentido alguém que age de tal forma se intitular blogueiro e criador de conteúdo pra Internet?

Não, não faz. E muitas pessoas ainda não sabem que se apropriar ou reproduzir conteúdos autorais sem autorização é plágio/cópia e crime. Alguns, por maldade, alteram algumas palavras por outras de significados semelhantes para que o texto se desaproxime do original e pareça de sua autoria. Às vezes por falta de noção também, como uma blogueira que usou um template free que eu disponibilizei e apagou meus créditos e escreveu "Feito por mim *_*" (?). Mal fazem ideia de que quando um conteúdo já existe em outro espaço é fácil de se verificar a reprodução indevida.

Um exemplo foi quando por acaso eu estava visitando um blog e de repente a linguagem do texto se tornou bem mais avançada do que a blogueira apresentava nos demais posts. Não deu outra, joguei no Google e encontrei o texto original. Fiz isso com outros posts do mesmo blog, e Bingo!, mais cópias! 90% do conteúdo dela era plágio. E os leitores que inocentemente visitavam aquele blog acreditavam não estarem lidando com nenhum problema. Por obra do destino, no mesmo dia que eu descobri esse blog de plágios a dona dele se ofereceu para ser colaboradora do meu blog. Essas coisas só acontecem comigo.

E como se inspirar em alguém sem fazer plágio?

Na verdade, se inspirar é bem diferente de fazer plágio. Quando você se inspira em alguém, você reconhece o trabalho da pessoa e pensa "quero fazer algo tão bom quanto o dela". Você não quer as coisas facilmente e simplesmente copiar. Você quer se basear no trabalho da pessoa para ter a oportunidade de desenvolver um trabalho de uma forma que lhe pareceu atrativa. 

Então digamos que você gostou do modo como tal pessoa escreveu um tutorial ou qualquer outro texto. Se você sentiu vontade de escrever o mesmo estilo de texto - escrever e não copiar e colar, aproveite para esclarecer que você havia visitado o texto dessa pessoa e pensou em escrever algo parecido, mencione-a e forneça o link do blog/site dela, se tiver.

Sempre é importante dar os créditos. Se você transcreveu algum parágrafo ou algumas imagens de outra pessoa, dê os créditos no final, exemplo: "Fonte: Blog X", "Foto: Clarice Sampaio", etc. Em caso de transcrição de textos, use aspas, use citações, como "De acordo com o site de Fulano (...)". O que vale é deixar explícito para os leitores quem é o criador de tal conteúdo que aparece no seu blog.

Se você reproduz algo que não é seu e não cita nomes dos verdadeiros autores quem acessa seu blog vai pensar que aquele conteúdo é seu e os autores originais reconhecerão que se trata de plágio e podem recorrer judicialmente por isso. E você não quer ter problemas certo? Ah, e blogs repletos de conteúdos não originais e cheio de plágios ficam com a reputação bem comprometida.

Como evitar que alguém copie meu blog?

Você pode bloquear as funções do botão direito do mouse e as teclas de atalho CTRL + C, CTRL + V. Tem muitos tutoriais sobre isso na internet.

Como saber que meu blog foi plagiado?

Não há muito o que fazer a não ser recorrer ao amigo Google jogando alguns textos que você escreveu e fazendo buscas.

Sabe aquela frase "nada se cria, tudo se copia?". Seria uma ignorância não reconhecer que sem nos dar conta reproduzimos inspirações, já que outras pessoas de certa forma iniciaram algo que foi repassado em diante. Essa frase bem que pode ser atualizada para: "tudo o que se cria e é admirável é digno de inspirações".

Se seu blog inspira alguém pode ser um sinal de que seu trabalho está encantando as pessoas. Mas claro, se alguém tenta reproduzir 100% do que você faz é bom ficar de olho. Ah, e se você viu algum blogueiro sendo plagiado, avise-o, estamos todos juntos nessa luta contra o plágio <3.

comentário(s) pelo facebook:

18 comentários :

  1. Oi, Juh!
    Adoro o seu blog! Aqui sempre encontro dicas valiosas para melhorar o conteúdo e aparência do meu blog, parabéns!
    Beijinhos!

    Blog Dentro das Páginas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nathalia!
      Fico muito feliz pelos elogios e muita obrigada por reservar uma parte do seu tempo para comentar aqui!
      Prometo me esforçar a continuar assim, eu que agradeço <3
      Um beijo

      Excluir
  2. Eu sou tão ciumenta que eu vi um post inspirado no meu em um blog e fiquei com um pouquinho de raiva. Felizmente plágio mesmo nunca me aconteceu, nem no meu blog atual, nem no antigo. Obrigada pelas dicas!
    Blog da Vicky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já aconteceu comigo, de eu postar e perceber que algumas pessoas se inspiraram na ideia e no jeito de organizar o post, e como conheciam o meu blog eu sabia que foi porque tinham visto no meu antes. Mas como não foi um plágio nem uma cópia discarada, eu respirei fundo e pensei "talvez eu tenha feito tão bem que serviu de base para elas".
      A sensação de autodefesa e ciúme é normal, mas enquanto não for nada grave a gente pode ficar tranquila :)

      Beijos

      Excluir
  3. Juu, nem acredito que tiveram a cara de pau de utilizar e template que você disponibilizou e retirar os seus creditos! É não ter vergonha na cara mesmo.
    Sou super a favor da inspiração, eu mesma me inspiro em várias blogueiras que tenho como ícones, mas copiar já é demais. Ainda não entendo porque alguém se dá ao trabalho de ter blog se for para copiar. Não faz sentido para mim. Quando uma pessoa escreve é porque quer colocar algo pra fora ou compartilhar algo que ache legal, trocar experiências. Qual o sentido então em copiar? Faz perder todo o mérito e o prazer que é escrever.

    Beijoos
    adorei o post

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falta de vergonha na cara é o termo certo pra isso rsrs
      É super normal se inspirar e coisas boas devem refletir inspiração mesmo! Só é ter bom senso... Agora na questão de a pessoa ter um blog e não escrever seu próprio conteúdo não há o menor sentido mesmo né? Eu sinto pena dessas pessoas na verdade...

      Muito obrigada pelo comentário <3
      Beijos

      Excluir
  4. Oi, tudo bem?
    Menina, você disse tudo!
    Pena que nem todo mundo sabe diferenciar uma coisa da outra.
    Gostei muito da forma como colocou a sua opinião.
    Parabéns!

    bjOO

    Blog Breshopping da Dany
    Conheça também o Breshopping da Dany KIDS
    Instagram: @breshopping_da_dany
    Twitter: @brechodanylins

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado do post. Tem pessoas que não conhecem muito sobre o assunto mas que reconhecem seus erros e mudam, normal isso, mas tem muita gente cara de pau por aí :/ Informação é tudo :)
      Um beijo

      Excluir
  5. Infelizmente não somente nossos posts são copiados, os layouts, que dão o maior trabalho pra fazer, também recebem um copia é cola. Inspiração é simplesmente ter uma base e desenvolver seu próprio conteúdo, aliás, algo super comum em qualquer lugar. Amo ler textos alheios e usa-los como base para desenvolver algo que venha de mim. Essa admiração eu acho incrível, mas plágio é triste demais. Acredita que uma menina criou um blog com mesmo nome do meu e fez questão de copiar os textos? Deu vontade de sumir rs. Atualmente sofro com o layout, é só eu trocar que surge alguém com a mesmíssima base. Complicado. Enfim, teu post ta ótimo e super apoio que o mundo veja ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso, as pessoas copiam tudo! Já vi gente até copiando comentários! Se a pessoa se inspirar no nome e dar os créditos, reconhecer a inspiração, não há problemas, mas a pessoa copiar na cara de pau? É desejo de ter o seu trabalho né haha Qual a necessidade disso? Eu teria ficado muito chateada. Muito chato isso :(

      Obrigada pelo carinho! Abraços <3

      Excluir
  6. Menina seu texto é bem interessante, quando eu comecei com meu blog eu não me atentava a isso. Mas já faz bastante tempo que eu comecei a me atender a isso e sempre coloco créditos. Principalmente porque falo sobre produtos no meu blog, então para não ter resenha igual, eu sempre presto bastante atenção no que estou escrevendo.
    Beijoo

    www.nannamais.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso aí, é disso que estou falando! Nem todo mundo sabe o que é certo ou errado na hora de publicar na internet, mas se informar de como dar os devidos créditos é super importante. Parabéns, você está sendo excelente! Ler resenhas únicas sempre torna um blog o melhor possível, acredite!
      Beijão

      Excluir
  7. Nossa que coisa chata isso!
    Ninguém merece perder tempo, esforço, para criar algo, aí vem alguém sem criatividade e copia na cara larga!
    Ainda bem que é crime.
    Post esclarecedor!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As pessoas deveriam estar mais ciente disso Fico muito feliz que tenha considerado o post bem claro quanto a isso :)
      Um beijo

      Excluir
  8. Isso nunca aconteceu comigo (pelo menos não até agora), deve ser porque meu blog é novo e pequeno. Mas sempre vejo casos de blogueiras falando que foram copiadas de alguma forma. Realmente é muito triste quando acontece. :/ Eu tenho inspirações sim, não negarei, mas copiar? Isso está fora das minhas ideias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E olha que todo mundo está sujeito a isso :/
      Super natural se inspirar em alguém, é até motivador! Mas copiar... bom estar fora de cogitação mesmo...

      Excluir
  9. Quem nunca... Eu fui acusada de plágio uma vez mas a blogueira estava querendo créditos por um texto que estava rolando na internet... Foi um bafafá horrivel vieram um monte de pessoas me chingar no blog algo bastante desnessesário... Hoje eu aprendi a dar os devidos "créditos" para as minhas inspirações.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lidar com essas situações é muito chato... E sempre rola alguns fatos contraditórios e ofensas desnecessárias por parte de gente que julga de forma precipitada :/
      Sinto muito por você ter passado por isso, mas que bom que agora você tem a oportunidade de lidar com isso mais sabiamente.
      Beijos

      Excluir