SOCIAL MEDIA

28/10/2016

Permita que saiam da sua vida


Quem nunca ficou triste por um término de um relacionamento, por uma amizade desfeita, por vínculos rompidos? Queremos que tudo na vida aconteça do jeito que queremos e muitas vezes negamos a realidade das coisas para acreditar no que queremos acreditar. Afinal, queremos que tudo para nós dê certo.

Às vezes você está em um novo relacionamento e percebe indícios de que as atitudes do parceiro já não são tão coerentes quanto àquelas que te atraiu. Mas não tem problema, você quer continuar junto dele e você quer enxergá-lo da melhor maneira possível, não importa se ele está te provando o contrário. Depois que tudo acabar, você pode até querer jogar toda a culpa nele e se vingar, mas, antes de tudo, você já tinha aceitado, sem se dar conta, se defraudar emocionalmente.

Você quis acreditar que o outro era a imagem que você quis que ele fosse. Não importa se por um momento você quis ser madura e o retirar da sua vida, você se pegava boba pensando nas pouquíssimas coisas que ele fez para te agradar e o desbloqueava sempre, porque o amava. Ninguém está errado em agir com fidelidade aos sentimentos e muito menos por não tratar as pessoas como diversão. Mas do que adianta correr atrás e se esforçar por alguém que já provou que não está nem aí pra você? Que não está nem aí pro quanto você chora?

E quanto às amizades que sem motivo ou por motivos bobos são rompidas? De repente, alguém muito próximo resolve se afastar, cria uma imagem de você e resolve acreditar nela. Não importa o quanto você se questione, você nunca vai entender. Tem pessoas que brincam de fazer amizades e não conseguem estabelecer um vínculo e fazer de tudo para que ele permaneça. Hoje se envolvem com um grupo de pessoas, amanhã com outro e assim sucessivamente. Até cansarem de você. E tais pessoas nunca se dão conta por que perdem amizades, mas jogam a culpa no outro. É mais fácil.

Todas as relações são um laço de duas cordas, onde um puxa, o outro também. Um faz esforço, o outro também. Mas se um cai, o outro levanta. Se um erra, o outro corrige. Se um ama o outro responde de volta com carinho recíproco, porque ambos querem que a relação entre elas permaneça e seja firme como uma rocha. Porque há mais felicidade em ter amigos do que estar sozinho. Porque não existe a menor possibilidade de um relacionamento dar certo se não prevalecer a união e o respeito por ela. 

Mas e se te usaram? E se não se importaram com teus sentimentos? E se não te deram o amor recíproco que você esperava? E se te abandonaram? E se foram embora sem te dizer o porquê? E se resolveram acreditar no que os outros disseram? E se resolveram se voltar contra você sem ouvir o que você tem a dizer? E se te fizeram feliz por um momento e depois se afastaram como se não tivessem feito nada? E se apagaram todos os momentos bons que vocês viveram juntos? E se resolveram não lutar para que você permaneça na vida deles?

Os perdoe. Os esqueça. Por mais que por um momento você resolva lutar para que permaneçam na sua vida porque você gosta dessas pessoas e zela por elas, não lute mais. Não pergunte se você fez algo na esperança de que você corrija seus erros e as coisas se acertem, se já resolveram te ver de um jeito diferente e se afastar de você. Abandone essa luta. 

Sabe, quando alguém gosta da gente há uma preocupação com os nossos sentimentos. Não nos deixam de lado, não nos dão migalhas, mas dão o melhor que podem nos dar. E mesmo que haja distância e n fatores, isso não é um problema, porque se a pessoa realmente quer algo com você ela vai se esforçar para que você permaneça na vida dela.

Se alguém costuma brincar de trocar amizades e de um dia pro outro se afasta de você, e depois você se surpreende ainda mais com tal pessoa fazendo algo que você não imaginava que ela fizesse, porque ela tinha te feito acreditar no contrário, não vá atrás também. Você não sabe o que se passa na mente dessas pessoas e da mesma forma que te coloram num "quadradinho" e resolveram te enxergar de uma maneira diferente do que você é e preferiram se basear no que os outros falam, essas mesmas pessoas vão fazer a mesma coisa com as que hoje fazem parte do ciclo de amizade delas. É um ciclo vicioso que elas não percebem que fazem e a gente do outro lado fica sem entender num primeiro momento.

Mas sabe no que devemos depositar nossa confiança? No que realmente é verdadeiro. No que realmente é feito para nós e é recíproco. Como já falei aqui, tudo tem um tempo certo para acontecer e por mais que a vida em certos momentos pareça difícil, um dia seremos surpreendidos com coisas ainda melhores. Por que fazer questão por uma pessoa que fez você chorar por vários meses e fez descaso com os seus sentimentos? Por que fazer questão por uma pessoa que de um dia por outro desmereceu a amizade que tinha com você?

Sabe pelo quê você tem que fazer questão? Pelo que realmente vale à pena! Não alongue mais o sofrimento, se está triste hoje, chore! Bastante, para a dor varrer a alma e se esvair... Mas não fique pensando no quanto tais pessoas eram importantes pra você e nem sofra mais do que deva. Se você fosse realmente importantes para elas, elas estariam aqui hoje com você! Mas não estão sabe porquê? Primeiro, não se importam de verdade com você, e segundo, porque não são o melhor pra você!

Existe muito mais te esperando, existem pessoas maravilhosas que sim, merecem estar com você. Existe um mundo maravilhoso lá fora só aguardando você parar de chorar pelo que não te acrescenta para viver o que você merece viver. Quando pessoas erradas saem da sua vida, coisas certas acontecessem. Deixe elas ir! Se alegre por terem ido embora! 

Se alegre porque você terá paz e vai se relacionar com quem realmente vai te fazer aquele bem que você tanto sonhou. Você achava que tinha felicidade ao lado delas? Pois terá muito mais com quem realmente se importa com você! Se alegre por estar triste hoje por algo que acabou, porque amanhã você será recompensado com algo que será duradouro, como você merece!

Deixa esse alguém que resolveu sair da sua vida ir...
Sem desespero, coisas melhores estão por vir. <3

comentário(s) pelo facebook:

2 comentários :

  1. Eu penso como vc Ju, e eu já deixei ir muitos que nada acrescentaram na minha vida, que viviam de picuinha e por ai vai. No começo a gente sofre claro, mas depois...depois é libertador.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Resumiu tudo! Dá aquela angústia forte no começo, mas depois que a gente passa a se sentir melhor surge uma paz incrível! Levei um tempinho para cair na real, agora eu consigo enxergar as coisas pelo lado bom õ/

      Excluir