SOCIAL MEDIA

14/07/2016

Confiança: Em quem depositar?


É muito ruim se sentir sozinho e se dar conta de que não há ninguém do seu lado. Por outro lado é muito bom ter alguém por perto, com quem você pode sempre contar e compartilhar todos os seus segredos e tudo que acontece na sua vida, afim de que você possa ter um porto seguro em todos os momentos. Todo mundo precisa de uma âncora pra se mante de pé e saber que não há por que se preocupar demais, as coisas vão ficar bem.

Quem já passou muito tempo só sabe a alegria que é quando alguém chega na nossa vida e parece diferente das outras pessoas. Ela nos traz aquela companhia boa que ninguém nunca nos trouxe, se preocupa conosco e diz coisas que queremos ouvir. É, parece que aquela pessoa é a ideal para você, o que você tanto precisava. Com tanta segurança e tanta afinidade fica fácil e natural para você depositar sua confiança nela. Ela disse que você pode contar com ela. E você contava.

Eu já contei várias vezes com as palavras de muitas pessoas. Sim, com as palavras. Tenho até trauma delas. "Não vou te magoar, você vai ver", disse o cara que me magoou em cheio e não viu nada demais. "Tudo o que eu quero é te fazer segura e protegida ao meu lado", disse o cara que por um momento me fez me sentir segura mas hoje se mantém distante, como ele disse que nunca estaria. Da mesma forma que a confiança está escassa, o que dizer da sinceridade? As palavras perderam seu significado. Palavras de amor e de zelo agora estão se resumindo a mentiras.

E o que dizer das expectativas? Você acha que conhece uma pessoa, acredita que ela é de um jeito e portanto espera que ela haja da maneira X e que jamais ela se comportará da maneira Y. Por mais que alguns conhecidos possam te alertar sobre atos duvidosos de tal pessoa você não considera essas opiniões, afinal você acredita que conhece a pessoa em quem tanto confia. Mas... opa! Basta o tempo passar, as situações mudarem e você se depara com a realidade. Não, aquela pessoa não é como você imaginava, é justamente do jeito oposto. E toda a segurança que você tinha nela, toda confiança que você depositou nela agora se transformou em decepção, angústia, vazio, coração partido e muito arrependimento.

Nada pior que uma boa dose de realidade. Lá está eu de novo. Sozinha. Queria tanto contar com aquela pessoa, contar sobre meus dias, o que aconteceu comigo. Mas ela está longe. Não existe. Aliás, nunca existiu. Não passou de mais um caso onde a pessoa finge que é algo só para conseguir o que quer. E tem muita gente assim no mundo. E uma coisa que magoa tanto é saber que ela não se importa. Que você pode sofrer e estar com o coração magoado, mas isso não causa o menor arrependimento nela. Afinal, o trouxa é quem deposita sua confiança em qualquer um, apesar de achar que estava fazendo a coisa certa. A outra pessoa cumpriu seu papel direitinho, e não estava fazendo nada mais do que atuar.

Ser verdadeiro hoje em dia é complicado. Tanto é que o mesmo cara que disse que "no dia que não quisesse mais nada comigo seria o primeiro a me dizer" não têve a menor capacidade de ser sincero e falar o que disse que faria, afinal as palavras da boca dele são falsas, são mentiras. Eu havia dito que não queria sofrer, que muitas pessoas já me deixaram mal, mas isso não foi suficiente, porque a pessoa sabe convencer que não vai agir da mesma forma, ganha confiança e tcharam... me presenteia com outra decepção!


Como exigir que pessoas assim sejam sinceras? Como exigir que pessoas assim sejam verdadeiras? Como não se angustiar com elas? Como depositar confiança nelas? Como não se arrepender depois disso tudo?

As pessoas não ficam, mas o aprendizado fica. Renato Russo já cantarolava que "se você quiser alguém em quem confiar, confie em si mesmo". Parece difícil, mas se nós nos reconhecermos como nossos melhores amigos tudo acaba se tornando natural aos poucos. Toda aquela empolgação ao conhecer outras pessoas vai se perdendo. A cada novas promessas nossa mente vai criando um bloqueio, nosso coração já fica receoso. Confiança é algo que deve ser conquistado. Então, que o tempo possa mostrar quem a merece e quem não, quem é de verdade e quem é de mentira.

E vocês sabem, confiança é algo que uma vez perdida é bem complicada de ser obtida de volta. A intensidade com que depositamos confiança em alguém pode significar a intensidade com que nos machucaremos no futuro. Palavras não merecem confiança, mas atitudes sim. Enquanto isso, vou contando a mim mesma meus anseios, compartilho o que vivo comigo mesma ainda que a presença de outra pessoa por perto me faça falta e a solidão me desespere...

...Porque eu sei que eu me importo. Porque eu sei que pelo menos eu confio em mim.

(Créditos da foto 1 e 2).

comentário(s) pelo facebook:

18 comentários :

  1. Olá Juliana!
    Eu gostei do seu texto, foi bem escrito. Mas agora eu vou contar o que eu faço, o que acontece na minha visão. Eu confio mesmo em Deus, depois em mim mesma, e depois nos mais próximos a mim, como a minha própria família mas sabe, os seres humanos sempre irão nos decepcionar porque, todos nós somos falhos.

    Então o meu conselho é, perdoar sempre e seguir em frente. Sem falar que podemos escolher melhor nossas amizades, e ainda bem que más situações são expostas para que a gente já não confie tantos segredos a quem não merece!

    O melhor é seguirmos com Deus, Ele NUNCA decepciona!
    Beijos,

    Blog Senhorita Deise

    Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu pequei nessa etapa de conhecer melhor e por um momento pensei em odiá-las e não perdoá-las para sempre. Não é assim que funciona!

      Bom mesmo é confiar em Deus e saber que nossos familiares são pessoas que nos preocupam conosco de verdade! Sem falar nos nossos amigos animais que dão de 10 a 0 em certas pessoas no quesito fidelidade hehe
      Beijão

      Excluir
  2. As pessoas sempre mostram o que tem de melhor no início, sempre é um mar de rosas. Com o tempo que vamos vendo como as coisas realmente são. As decepções fazem parte da vida, eu cá com quase meus 40 ano, vixi acho que daria um livro. Decepções amorosas e com amizades enfim a vida é assim. O importante é não desistir de ser feliz, seguir em frente. bjs
    www.pilateandosonhos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, triste realidade! É bem assim mesmo... Só de pensar me dá uma dor de cabeça, mas tenho que seguir em frente, afinal vida que segue! E a nossa não pode parar por causa dessas pessoas.
      Beijo

      Excluir
  3. Tammbém me importo e muito.
    Graças a Deus, felizmente, em um mundo como o nosso, ainda tenho algumas pessoas que sei que posso confiar!
    me sinto muito segura por isso!

    Amei o texto!
    Parabéns!

    bjO

    Blog Breshopping da Dany
    SORTEIOS Conheça também o Breshopping da Dany KIDS
    Instagram: @breshopping_da_dany
    Twitter: @brechodanylins

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre é bom estar ao lado de pessoas que nos fazem segura! Mas e quando elas prometem isso e não cumpre fica difícil! Daí só resta se contentar com a verdadeira relação de fidelidade que só a gente pode oferecer. Mas claro, que ter pessoas verdadeiras ao nosso lado sempre é muito bom!
      Beijão

      Excluir
  4. Realmente, a confiança é algo bem "delicado". Demora pra ser conquistada e, se é destruída, não dá pra voltar atrás.

    Eu não sou o tipo de pessoa que confia fácil. Não é que eu desconfie de tudo e todos, mas também não vou contando coisas pessoais logo de cara. Eu concordo muito que devemos confiar, acima de tudo, em nós mesmos.

    Adorei o texto, parabéns! *-*

    Bjs :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou ser mais como você daqui pra frente. Depois de tantas situações fica o aprendizado.
      Obrigada pelo carinho *__*
      Beijos

      Excluir
  5. Infelizmente você descreveu com precisão todo esse sentimento. A gente se encanta pelo que o outro tem de melhor, isso é um fato, mas há aqueles que nos decepcionam tanto que chega a doer. Confiar em alguém hoje em dia é muito complicado, mas de vez em quando aparece alguém ♥ Adorei tua reflexão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falou tudo! O encanto é lindo, e naquele momento a gente se entrega, porém quando se depara com a realidade tudo doi! E doi mesmo, eu que o diga. Mas bola pra frente que a vida segue.
      Beijo

      Excluir
  6. Uma coisa que aprendi é que assim como ele te disse coisas, tu tbm disse. Se fosse o oposto, tu tivesse se desinteressado, seria mesmo sincera? Infelizmente é muito difícil falar isso pra alguém que tu sabe que te ama. E outra, só por que ele não foi sincero naquele momento, não quer dizer que quando fez as promessas e juras de amor quando tava apaixonado, que aquilo era mentira, muito provávelmente não era.

    No momento estou casada e o amo muito e quero estar pra sempre com ele, e ele me diz o mesmo, por que é isso que nós queremos agora, hoje, mas é daqui 5/ 10 anos? Vamos ficar juntos só pela promessa? Eu não ficaria!

    A culpa de ficarmos tão mal com essas coisas é nossa por confiar cegamente em alguém, nao se deve confiar nem em si. Primeiro se conheça, aprenda a confiar em ti, depois abre o coração pra outros.

    Uma coisa que sempre digo: se tu não consegue nem ficar sozinho, como outro vai conseguir ficar contigo?

    No momento que comecei a ser mais racional com relacionamentos, a coisa andou hahahaha

    Espero não ter sido grosseira, sou o tipo da pessoa que fala o que ninguém quer ouvir hahahaha que tu entenda o que quis dizer.

    Beijos, até a próxima o/
    Ah vim pela interação do grupo do facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele não estava apaixonado, nunca esteve, ele queria uma garota pra sexo casual e como ele só tinha eu de conhecida e sabia que se fosse sincero eu não saíria com ele. no primeiro encontro ele enrolou e demonstrou ser diferente, depois quando eu falei a ele sobre meus interesses e vi pelas atitudes dele que ele é bem diferente do que falava é que ele viu que não podia mais enrolar e que foi sincero. hehe

      Quando estava ao lado dele sempre entreguei o melhor de mim, nunca fui de mais ou menos pra ele, da mesma forma que falei eu fiz, porém não era recíproco, porque ele nunca me amou então foi super fácil pra ele falar essas promessas/mentiras de boca pra fora, por isso que depois que ele viu que não podia mais enrolar é que ele foi super sincero e falou que "eu não quero casar contigo" e "eu não vou namorar com você".

      No início eu estava super bem comigo mesma, tanto que tanto faz tanto fez sair com ele e ficar com ele depois de tantos anos bem resolvida sozinha e sem me envolver com ninguém. Já tinha me privado demais de relacionamentos errados, e meio que me veio um desejo de me entregar a experiências novas, porém eu acabei me envolvendo demais numa relação que se eu fosse seguir meus princípios eu não me envolveria, mas eu só o dei uma chance porque ele parecia diferente dos outros, parecia se importar, tanto é que eu falava pra ele que se eu tivesse conhecido ele ano passado as coisas não teriam acontecido desse jeito porque eu teria o conhecido melhor antes, mas como eu tava com meus desejos sexuais aflorados isso prejudicou um pouco. A prova que ele sempre mentiu e foi da boca pra fora é que durante a convivência com ele ele se mostrou não se importar tanto assim e hoje sequer tem o menor contato comigo, porque ele não se importa nem nunca se importou, só queria "me comer" -q. Mas fica a aprendizagem.
      Beijo

      Excluir
  7. Sou mega racional em relação a tudo na minha vida. Tenho um relacionamento de muitos anos, essa questão de confiança é muito relativo. A gente por mais que goste de qlqr pessoa, temos que confiar em apenas nós mesmos.

    www.memoriasdeumaguerreira.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, confiança é imprescindível para que uma relação dure! E é a mais pura verdade que confiança é algo bem complicado, sempre é bom ter os pés no chão.
      Beijo

      Excluir
  8. Adoro seus textos e sua escrita, e já não é novidade eu ter amado esse também!❤
    Confiança realmente é algo delicado, e quando perdemos a confiança em alguém, nunca mais voltamos atrás... Já confiei em muitas pessoas, ja criei muitas expectativas, e isso me gerou muitas decepções, porém, gerou também aprendizado. Sei que por mais que eu goste muito de alguma pessoa, por mais que ela diga que eu posso contar com ela, por mais que eu me sinta segura... Só vou confiar totalmente em mim mesma!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Owwn, obrigada linda <3 Que lindo ler seu comentário *___*
      Muito complicada essa questão da confiança né? É bom termos pessoas com quem podemos contar, mas não é bom criarmos expectativas. No mais, confiemos em nós!
      Beijo

      Excluir
  9. Confiança quebrada é algo complicado. Mas a vida é assim, não podemos viver desconfiados a ponto de não nos permitir sermos amadas, mas tb não podemos andar desprotegidas. Eu aprendi que a gente só encontra mesmo a pessoa ideal, depois que a gente se encontra a si mesmo. Quando a gente tá feliz consigo mesmo, e satisfeita com a vida, é aí que a pessoa ideal aparece, não pra completar, mas pra transbordar.
    Um beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E pensar que eu estava super bem comigo mesma quando uma certa pessoa veio e estragou tudo! No começo realmente dá vontade de não permitir que ninguém mais entre na nossa vida, mas não pode ser assim. O que deve ficar é a aprendizagem!
      Mas ainda acredito que a pessoa certa chega no momento quando estamos plenas comigo mesma, afinal só assim poderemos desfrutar de uma boa relação! Beijo

      Excluir