SOCIAL MEDIA

18/06/2016

O namorado dos meus sonhos existe?


Como andei sumida por uns dias e a Universidade está muito puxada e exigindo minha alma, vou romper um pouco com o cronograma do blog e ao invés de uma Tag e posts do #MinhaEscrita vou escrever mais um texto novo <3
Acabei de editar as cores do Template, tirei um pouco o rosa e deixei sobressair outros tons, principalmente o cinza e o preto para o blog não ficar super feminino e todo rosa já que meu objetivo principal não é esse. Gostaram?

O Dia dos Namorados já passou, mas todo o tempo é tempo de reflexão. E a minha de hoje vai ser sobre algo que muitas meninas idealizam (ou não). Pelo menos quanto a mim era um hábito que eu tinha quando adolescente: idealizar meu futuro namorado. Hoje não invisto muito meu tempo nisso, apenas guardo no meu coração algo que eu sei que é o que eu mereço e quero pra minha vida.

Eu nunca quis namorar vários caras, sempre pensei em ter um único homem na minha vida, alguém que surgisse na minha adolescência, fase típica de início de namoro, e que pudesse crescer comigo, me acompanhado para o resto da vida. Sempre quis um amor verdadeiro e, logo, se com o primeiro menino que eu conhecesse eu sentisse esse amor, não haveria motivos para existir um segundo menino, mas sim o único. E eu estava ciente disso.

Queria alguém que me respeitasse, me amasse do fundo do coração, me ensinasse coisas novas, fosse educado, gentil, carinhoso e que se preocupasse comigo, de verdade. Que se encantasse pela minha beleza e reconhecesse a falta dela, assim como outras qualidades e defeitos, mas que acima de tudo me aceitasse como eu sou. Não queria algo que tivesse intenções de luxúria, de relações superficiais, mas algo pertinente. Uma relação de companheirismo, amizade e total felicidade, porque quanto a mim toda a recíproca seria verdadeira.

Uma coisa que eu sempre detestei era garotos (e hoje caras), principalmente desconhecidos, insistirem em "ficar" sem ao menos ter uma conversa, se conhecer de verdade e não só um papo furado e um beijinho em cada bochecha. Cadê o encanto? Cadê a magia? Que gosto tem beijar na boca de quem não se ama? É coisa minha. Eu, nova, sempre dizia não. Observava de canto, sabia que o comportamento de tais garotos e outras atitudes do caráter deles não iriam me fazer feliz. Eu sempre os evitei porque queria viver meus sonhos e também não queria me machucar. Eu era uma garota muito frágil e sabia muito bem o valor de um relacionamento feliz. Mas sabia muito bem o que um relacionamento de stress, de dores, poderia causar de grave no meu coração.

Nunca fui de querer o "mais ou menos". Me entrego de verdade. Quando embarco num relacionamento penso que é pra ser verdadeiro. E se surgem coisas erradas, eu logo me incomodo: "Ei, você fez isso comigo, não está certo". As pessoas que sabem se envolver de qualquer jeito reclamam: "Olha só pra você, toda errada me cobrando coisas.". Desde quando as pessoas gostam de ser tratadas de qualquer jeito? É isso que são as relações de hoje?

Quanta vezes embarquei em vários relacionamentos em que, depois de tanto tempo me guardando, me afastando de certas pessoas e possíveis dores de cabeça, eu resolvi abrir as oportunidades, me encantei nos instantes iniciais por pessoas que disseram "Eu sou diferente", "Tudo o que eu quero é te fazer segura e protegida ao meu lado", "Não vou me afastar de você" e me decepcionei, porque acabei sozinha de novo. E pior, eu estava cada vez mais ficando sozinha, sendo submetida a coisas que não me faziam bem e toda essa situação estava me corrompendo, me angustiando.

Ainda nesse início de ano eu tinha feito umas anotações durante um período de angústias por me envolver com uma pessoa errada. Era uma lista sobre os detalhes em que eu identifico um relacionamento ideal para mim. A ideia era que sempre que eu sentisse que em um futuro relacionamento estivesse faltando algo eu conferiria na minha tal lista se tal coisa era super importante. E não é que, mais uma vez, depois de tanto tempo procurando o meu melhor as coisas deram errado de novo? Não só porque tal pessoa não poderia oferecer o melhor pra mim, mas porque eu esqueci do que eu mereço e dos meus ideais.  Esqueci de tudo que eu anotei. De tudo que eu venho guardando em mim. E porque eu permiti que tais coisas acontecessem.

Sempre soube como era um relacionamento que eu mereço. Sempre via algumas meninas com dúvidas sobre namoro, e sempre que vinham com algum relato de um parceiro que não queria assumi-las, que só saíam com ela se elas quisessem fazer sexo, eu logo pensava: "Não faz isso, é óbvio que é furada". Em que momento da minha vida eu me tornei uma dessas meninas que cega os olhos para o que não vai lhe fazer bem? Não sei, mas por um momento não só perdi a noção do "meu namorado dos sonhos", mas a noção da garota dos sonhos que eu era.

Sempre achei mais fácil pensar nos caras que eu nunca quero me envolver do que em um cara ideal. Por que o cara ideal muitas vezes parece tão óbvio né? Claro, nunca vai ser alguém perfeito, um príncipe encantado.  Mas certamente nunca vai ser um cara que me encha de angústias, que minta pra mim, que me exclua dos seus ciclos de amizade, que fale do corpo de ou de outras garotas na minha frente, que preze mais pelos prazeres do que a minha companhia. Certamente, vai ser um cara que seja meu amigo e o resto, naturalmente, a gente sabe porque a gente sente, vê com as atitudes, vivencia. Perfeição nunca vai ser, mas aos nossos olhos vai ser o suficiente.

Hoje não vivo sonhando tanto, mas deixando o tempo passar. Viver é isso, aprender com as experiências e nem tudo vem do jeito que a gente quer, na hora que a gente quer. A gente que não sabe dizer não às vezes. Como eu, que me preveni de vários caras errados, mas também disse "sim" a muitos. Claro que a pessoa que vai nos fazer plenamente feliz existe. Mas existe um tempo certo para tudo. Tudo o que sei é que quando eu conhecer o "namorado dos sonhos" não vou precisar que ele me diga promessas com palavras, como tantos já fizeram, mas olharei nos olhos dele e confiante em meu coração saberei que não existe a menor probabilidade de ele ser a pessoa errada.

comentário(s) pelo facebook:

26 comentários :

  1. Eu acho (talvez tenha certeza), que o namorado dos meus sonhos não existe...
    Beijos! Estilo Garota

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tenho noção de como é o namorado dos seus sonhos, mas certamente há alguém nesse mundo destinado a te amar! Beijos

      Excluir
  2. Eu também era assim. Apesar de já ter ficado com poucos caras apenas por ficar, sempre idealizei um "cara perfeito" na minha mente. Lembro de uma vez que estava em uma festa e um menino pediu pra ficar comigo, inventei que tinha namorado e ele disse tudo bem, mas continuou conversando comigo. Ele era muito legal e criamos um ótimo vínculo de amizade, até um começar a gostar do outro. Ficamos por um tempo, mas nunca dava totalmente certo. Um dia fiquei com um ataque de ciúmes e exclui ele - literalmente - da minha vida. Uma semana depois conheci meu atual namorado. E vou te dizer uma coisa, quando você conhece alguém que tenha alguma das mil coisas que você sempre idealizou, faz valer a pena todo sofrimento e dor que sentiu por outras pessoas.
    Belíssimo texto e eu amei a sua escrita! <3

    www.aconteceucomagente.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei da sua historia! Me identifiquei, mas ainda não consegui excluir a pessoa porque isso me doi. Fico feliz que as coisas tenham dado certo pra você e tão rápido! Imagino a felicidade e o bem estar que você sente em saber que perdeu algo que não se compara a felicidade que você está sentindo hoje!
      Fico grata pelos elogios :*
      Beijos

      Excluir
  3. Hoje falta o encanto, com certeza. O que dizer sobre seus textos? São maravilhosos Ju! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É triste esse fato!
      Fico muito feliz pelo elogio *_________*
      Muito obrigada, de coração <3
      Beijão

      Excluir
  4. Que texto maravilhoso *_*
    Confesso que eu nunca me dei bem com matéria de relacionamentos. Acho que eu não dou certo pra essa coisa de "pessoa-pessoa", sabe? Não confio em ninguém!
    Apesar de tudo, eu quero namorar um dia. Acredito que todo mundo tem alguém que vai fazê-la feliz. Gosto de ler livro românticos onde o cara é "perfeito", mas não fico esperando por isso. A pessoa certa não precisa revisa ser exatamente perfeita, né? :)
    Beijos ❤️

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo seu ponto de vista. Mas, você dá certo pra isso sim! Um dia você vai entender :)
      Concordo com seus pensamentos.
      Beijos

      Excluir
  5. Adorei o texto, acho que pelo menos uma vez na vida toda mulher idealizou o homem dos sonhos não é? Mas acho que o importante é encontrar alguém que te faça feliz independente de qualquer coisa. O homem certo vai aparecer um dia na vida, basta esperar (: Ótimo texto!! Beijão ♥

    http://www.sorrisosnooutono.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem que seja só uma vezinha, rs. Esperar e conhecer a pessoa direito é um detalhe importante :)
      Beijão

      Excluir

  6. Que texto lindo ♥
    Parabéns você escreve muito bem e confesso que me identifiquei com a maior parte do texto :)
    A última parte foi a minha preferida ♥
    ótimo domingo
    bjo

    Tati C.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, que legal tudo isso <3
      Fico muito contente em ler que tenha gostado do texto e se identificado!
      Beijão

      Excluir
  7. Adorei a reflexão, super importante. Eu idealizava bastante também mas com o tempo a gente percebe que não existe pessoa sem defeitos então nem adianta ficar imaginando um cara perfeito...
    Beijo!

    Sorriso Espontâneo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, um dia cai a ficha que isso não adianta nada!
      Beijo

      Excluir
  8. Amei o texto, você escreve muito bem!
    E vou dizer pra você há tempos que não idealizo mais nada, acho que as nossas decepções vem muito das idealizações que temos, sendo que ninguém é perfeito e ninguém vai ser do jeitinho que realmente sonhamos.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada :D
      Infelizmente idealizamos muito e cegamos nossa mente com falsas expectativa. Uma dose de realidade sempre vai bem!
      Beijoss

      Excluir
  9. Vc e seus textos <3 Relacionamento , algo tao delicado e importante na vida de uma ser humano que se escolhido da forma errada sofremos as consequencias!
    Bjus flooor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quanto amor <3
      Verdade, temos que analisar bem as nossas escolhas sabendo que no futuro colheremos o fruto delas!
      Beijão

      Excluir
  10. O Namorado dos meus sonhos existe sim *-* e ele é um amor de pessoa, um fofo, amo mt <3

    prestesavoar.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Acho que sou parecida com você.rsrs Me identifiquei em vários trechos do textos, muito real e reflexivo. Hoje não ando pensando muito, não sei se a minha idade de pensar chegou no término, mas ando vivendo da maneira que posso, afinal tive muitas experiências, apesar de poucos relacionamentos. Parece contraditório? Mas foram relacionamentos longos e intensos e poucos rápidos, aprendi muito. Lindo texto! bjs
    www.pilateandosonhos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal <3 Sempre é bom saber que alguém nos entende direitinho. Eu te entendo, às vezes um relacionamento de apenas um mês você pode viver bastante coisa, que pra outras pessoas entender isso pode parecer difícil.
      Obrigada pelos elogios <3
      Beijos

      Excluir
  12. Estou sem palavras! Que texto maravilhoso! Eu me identifiquei muito. Eu sempre fui muito '' fechada'', também idealizava a pessoa perfeita pra mim, acho que até hoje eu faço isso porém eu tenho que parar. Uma coisa que eu aprendi é que não devemos correr atrás da pessoa perfeita sabe? vai acontecer quando você menos esperar.
    Beijos!
    http://leitoraemsagas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelas belas palavras <3
      Fico feliz que possa ter ajudado, e sim, quando a gente menos esperar vai acontecer e o fato de ser natural e da pessoa ser melhor do que a gente sequer imaginou vai fazer tudo ser ainda melhor!
      Beijão :*

      Excluir
  13. Olá Ju! Tudo bem?
    Que texto lindo! ♥ Eu, quando era mais nova, gostei de muitos garotos. Todos eram meus amigos de escola, mas infelizmente nenhum retribuía ao meu sentimento. Sofri muito por essas paixões não correspondidas e por ver outras meninas da minha idade felizes por estarem acompanhadas por algum rapaz.
    Cresci e amadureci. E o mais importante: Aprendi a esperar. Sem querer, esbarrei em um homem muito simpático, atencioso, que ria das minhas piores piadas. Nós nos tornamos amigos e eu sempre confiei muito nele por saber que tudo era verdadeiro. Pouco tempo depois, nos tornamos namorados. E é com ele que estou há pouco mais de três anos.
    Bom, perfeito ele não é. Mas um sabe respeitar o outro e isso é o que realmente importa dentro do nosso relacionamento. Além disso, o amor que eu sinto é correspondido de maneira recíproca e isso já faz com que eu me sinta uma mulher feliz e realizada.
    E afirmo que sim, eu encontrei o namorado dos meus sonhos. Porque ele simplesmente me aceita como sou, não exige mudanças nem nada tão radical. E quero estar ao lado dele sempre, em qualquer situação.
    Beijos :*

    www.midnight-skies.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já passei por situações parecidas e é bem chato né? Parece que nunca vai dar certo pra gente e por um momento a gente fica bem triste e acredita.
      O amor sempre vem natural e quando a gente menos espera e essa forma faz com que tudo seja melhor ainda! Fico feliz que tenha encontrado alguém especial e que tenhas te tornado madura o bastante para aproveitar tudo isso. Tão bom ser correspondida né? Felicidades <3
      Beijão

      Excluir