Perder a virgindade: Qual o momento certo?


Não considero o assunto "virgindade" como um tabu ou algo polêmico. Penso que este deveria ser um assunto tratado com normalidade e seriedade ao mesmo tempo. Hoje em dia, o adjetivo "virgem" virou sinônimo de ofensa, menosprezamento, e algumas pessoas, principalmente os jovens, que são chamados de "virgens" como algo pejorativo se veem, infelizmente, na obrigação de perder a virgindade.

O que é ser uma pessoa virgem? Claramente, uma pessoa que nunca teve relações sexuais. A virgindade é algo abstrato, diz-se da condição de nunca ter feito sexo, e alguns a remetem a uma "pureza". De forma conotativa, quando alguém faz sexo pela primeira vez fala-se que este perdeu a virgindade. Se este alguém for menina e durante suas relações sexuais houver penetração e o rompimento do hímen que protege o orifício externo vaginal, ao rompimento e a ausência desta membrana se dá a "prova concreta" de que não há mais virgindade. 
Entretanto, a virgindade vai além dos fatos biológicos, primeiro que nem todas meninas/mulheres possuem hímen ou o perdem durante o ato sexual, e segundo porque a virgindade está associada ao fato de nunca ter praticado sexo.

Voltando aos desespero dos jovens quanto perder a virgindade, uma palavra para resumir tudo isso: Desnecessário. É muito fácil ler na internet relatos de jovens que se sentem pressionados por colegas a não serem mais virgens, alguns combinam de perder com os namoricos a virgindade, porém, claramente se vê nas falas destes que não estão preparados e que possuem muitas dúvidas a respeito do ato sexual e de como se prevenir de doenças sexualmente transmissíveis (DST's) e de gravidezes indesejadas.

Sempre vi o sexo como algo natural e que não há a menor necessidade de desespero em si quanto ao que fazer durante ele, já que este é instintivo. O que as pessoas precisam fazer é se entregar ao momento e fazê-lo durante ocasiões em que: 

1. Seu corpo/você estiver preparado (biologicamente e psicologicamente falando);  

2. Se estiver totalmente ciente do ato em si, da responsabilidade que este tem, e do conhecimento que este envolve, se tratando de sexo seguro e até mesmo de como ter uma vida sexual mais prazerosa, funcionamento dos orgasmos e afins.

3. O sexo é feito de modo que você se sinta bem: com a pessoa que você sente vontade de fazer, sem pressão, sem medo, sem ser contra a sua vontade ou contra a vontade do parceiro, e afins.

Meu conselho é: Quando chegamos à fase adulta, estamos preparados para ter relações sexuais. Considerando a fase reprodutiva e o controle emocional, teoricamente nessa época da vida a consciência dos atos sexuais, e o modo como lidar com possíveis consequências é mais seguro e saudável do que quando se é jovem e seu corpo está em fase de mudanças, não preparado ainda para realizar atos sexuais ou desenvolver uma possível gravidez, assim como sua vida está, geralmente, recheada de dúvidas e incertezas típicas da fase da adolescência.

Não há o menor cabimento em menosprezar alguém por nunca ter feito sexo. Primeiramente, deve-se entender que cada pessoa é um mundo e pensa de maneira diferente. Algumas pessoas já adultas se sentem preparadas para fazer sexo, possuem um parceiro com quem sente vontade de ter relações sexuais e as fazem. Outras, iniciam sua vida sexual mais cedo, pois se sentiram preparadas e tiveram interesse em iniciar sua atividade sexual. Já outras preferem se guardar até o casamento porque acreditam que este é o momento certo. Outras até mesmo não sentem vontade de fazer sexo. Eu não acho que deve existir um padrão, ou que a visão de se ter uma vida sexual de uma pessoa é mais benéfica, "bonita" e "certa" que a de outra, mas que a vontade de cada um deve ser respeitada.

Sinceramente, como acontece com todas as outras primeiras vezes, eu acho totalmente desnecessário o "auê" que fazem quanto a primeira vez. "É muito ruim!". "Você não vai gostar!". "Sua vida vai mudar daqui pra frente!". É que nem primeiro beijo, você cria expectativas e depois que acontece sua vida não muda em nada. Quem é menina ouve que seu corpo vai mudar, irá ficar com aparência de mulher. Isso não é verdade, o que pode mudar é de fato o possível rompimento do hímen, mas as futuras mudanças fisionômicas ocorrerão devido a ação natural de hormônios durante o desenvolvimento da mulher. O que pode mudar na fisionomia de alguém pelo fato de fazer sexo é a presença de uma vida sexual ativa, isso sim altera a aparência e o bem-estar de uma pessoa!

Para a mulher, principalmente se muito jovem, perder a virgindade é algo importante. Muitas tem a tendência de querer um vínculo afetivo com o parceiro. Então, rapazes, saibam que nenhuma menina (ou a maioria delas - isso não é um padrão) vai querer perder a virgindade com alguém e nunca mais ter contato com ele. Tirar a virgindade de alguém é algo sério, mulheres são muito emotivas, tendem a idealizar muitas coisas, levar para o lado do romantismo, então mesmo que a relação de vocês não dê certo, procurem estar cientes da responsabilidade que isso traz. E não esqueçam de respeitá-las: se elas não querem ou não se sentem prontas para perder a virgindade com vocês, respeitem!

Sei que muita pessoas não perderam ou perdem a virgindade quando adultas e/ou quando estão totalmente preparadas, e que existem casos e casos. O que eu aconselho é que os pais ou responsáveis, principalmente, sejam amigos dos seus filhos e os orientem quanto ao momento certo de se perder a virgindade. Não falo de imposição de padrões ou princípios, mas de orientações quanto a melhor maneira de se iniciar uma vida sexual e de se prevenir de DST's ou de gravidezes não desejadas, ao passo que as relações sexuais vão se tornando ativas na vida da pessoa. 

Momento certo? Talvez não exista de fato, considerando que cada pessoa é um mundo, e o momento em que cada um se sente preparado para iniciar uma vida sexual, obviamente, varia de pessoa para pessoa. O que eu desejo é que, independente da situação que for, a virgindade não seja um tabu, um motivo para alguém se sentir envergonhado ou ser humilhado, ou até mesmo exaltado, mas que cada pessoa seja respeitada e que tudo ocorra bem, sem pressão ou carência de conhecimentos a respeito.

(Créditos da foto)

comentário(s) pelo facebook:

40 comentários

  1. Gostei bastante do post e da forma como você explicou, me recordo que a 3 anos atras foi uma resenha, por que toda vez que eu e o namorado estava bem empolgado eu parava e falava que não era a hora certa.
    Mas assim certa vez aconteceu e não não me arrependo de nada.
    beijos!
    www.garotadelicada.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz com seu comentário! Que bom que pra você foi bem especial <3
      Obrigada por deixar sua opinião no meu cantinho.
      Beijão :*

      Excluir
  2. Esse assunto ainda é tabu e acredito que a maioria dos pais não trate disso com os filhos! Minha mãe nunca falou sobre essas coisas comigo, mas pra mim não foi problema já que tive muita informação sobre tanto na escola como na internet. Nunca me senti pressionada a perder a virgindade mas sei como alguns jovens fazem isso com os amigos, ô coisinha mais chata! Porque cada um não pode escolher o que é melhor pra si, não é mesmo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Elô! Realmente, muitos pais privam os filhos de saber desse assunto, sendo que inevitavelmente eles acabam se informando, seja na escola ou em qualquer outro ambiente, inclusive de maneira errada. Eu já sofri com comentários invasivos sobre minha vida sexual e eu fiquei tipo "O que eles tem a ver com isso?" "Eu não sinto que eu tenho problemas", enfim, é chato demais e muito desnecessário!

      Excluir
  3. Não acho que a vida aduta seja a melhor fase e sim quando você se sentir realmente pronta. Sexo é muito mais que idade e sim maturidade. Há adolescentes mais maduros que muitos adultos por ai. Maturidade não tem haver com idade.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Caroline! Falei que quando adultos estamos preparados para ter relações sexuais no sentido de que nosso corpo está preparado para ter relações sexuais, isso claro, biologicamente falando. Se você ler o post todo vai reparar que eu falo que não existe idade ou momento certo, que há casos e casos, que há pessoas que sentem preparadas para fazer sexo mais cedo outras mais tarde etc. O primeiro tópico que eu levantei inclusive foi de que a pessoa precisa fazer sexo pela primeira vez quando se sentir preparada.

      Excluir
    2. "Algumas pessoas já adultas se sentem preparadas para fazer sexo, possuem um parceiro com quem sente vontade de ter relações sexuais e as fazem."

      "Outras, iniciam sua vida sexual mais cedo."

      "Já outras preferem se guardar até o casamento porque acreditam que este é o momento certo."

      "Outras até mesmo não sentem vontade de fazer sexo."

      "Eu não acho que deve existir um padrão, ou que a visão de se ter uma vida sexual de uma pessoa é mais benéfica, "bonita" e "certa" que a de outra, mas que a vontade de cada um deve ser respeitada."

      Excluir
    3. "Momento certo? Talvez não exista de fato, considerando que cada pessoa é um mundo, e o momento em que cada um se sente preparado para iniciar uma vida sexual, obviamente, varia."

      Excluir
  4. Acho que as pessoas (principalmente as adolescentes) criam um tabu muito grande quando a isso; a maioria pensa que depois que faz 16/17 anos tem a obrigação de perder a virgindade o.O
    Eu não acho! Tenho em mente que cada um tem o seu tempo e eu aceito o meu e o de todo mundo <3 não é por pressão dos amigos ou do namorado que se deve fazer isso.
    Ah, esqueci de falar que adorei o seu texto :) tem muita gente por aí que deveria ler.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com sua opinião! Infelizmente isso acontece e como eu falei no post é desnecessário demais. Fico feliz que você sabe respeitar o seu momento e também o de outras pessoas, afinal esse é um detalhe intimo né?
      Obrigada pelos elogios <3
      Beijão

      Excluir
  5. Primeiramente, parabens pela explicação, foi muito boa!
    E realmente, concordo com você! Caso você achar que a hora de fazer isso chegou, faça, o importante é não se sentir forçado a nada! O momento certo é quando você achar que chegou a hora.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada :D
      Concordo em tudo o que você disse!
      Abraços

      Excluir
  6. Importante você abordar esse assunto principalmente porque pode ter leitoras que se sentem na obrigação de perder a virgindade só para agradar alguém ^^
    Beijo!

    Sorriso Espontâneo

    ResponderExcluir
  7. Concordo, esse é um ato que necessita de maturidade, talvez por isso, seja melhor aproveitado na idade adulta, mas como você disse, cada um tem seu jeito e sua personalidade...não tem como prever o momento certo de cada um, só ele mesmo!
    Achei seu texto muito bem escrito...Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você entendeu muito bem o que eu quis dizer :D
      Obrigada pelos elogios <3
      Beijão

      Excluir
  8. O momento certo? quando você se sentir preparado e bem pra fazer aquilo. Sem a pressão do namorado, amigos e colegar. Amei o texto <3

    ResponderExcluir
  9. Gostei da sua visão sobre o assunto.
    Realmente, cada vez mais essa pressão para deixar de ser virgem aumenta e sem um motivo. Não faz sentido. Outra coisa que nao gosto é isso de que para mulher é diferente. Eu acho que a gente pode sim querer transar só pelo prazer e não querer que nos liguem no dia seguinte. Seja pela primeira vez ou não. Sexo precisa parar de ser tabu. Talvez, assim as pessoas consigam conversar mais sobre isso e saber o momento certo - se é que ele existe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comentei "a maioria das meninas" por que é algo mais natural e comum sabe? Mas claro, como falei cada pessoa é um mundo. Eu acho chato como colocam que obrigatoriamente a mulher tem que esperar até casar para poder fazer sexo, e que, ao invés do homem, ela não pode fazer pelo prazer, até porque muitos julgam a mensagem de que mulher não sente vontade de fazer sexo casual e que se ela fizer isso ela é vadia ou coisa pior. Você tocou num ponto interessante, acho que vou fazer um post sobre sexo casual no futuro e comentar esse fato! Beijos :)

      Excluir
  10. Como você disse, acredito que tudo tem que acontecer no momento em que a pessoa se sente preparada. Nada de forçar algo só porque os amigos estão dizendo, ou porque alguém quer que você faça. Cada um sabe qual é o seu momento certo. E é uma pena que esse assunto ainda seja um tabu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo em tudo com o que você disse. :)
      Infelizmente vai demorar muito para reverter esses fatos.

      Excluir
  11. Ameii o blog <3 layout super lindo <3
    Beijosss
    Moda Teen

    ResponderExcluir
  12. Virgindade, o que é ser virgem hein? Particularmente penso que o mais tarde possível para esta decisão melhor, não é a toa que segundo as escrituras sagradas isto é para o seu marido. Eu "seguirei" o máximo possível e com os meus 21 anos achando me sábia decidir e foi o pior momento e com a pior pessoa possível, ou seja, não estava preparada para tal decisão. Abraços, gostei da abordagem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acontece, mas tudo na vida é aprendizado. Fico feliz em ver que você está mais madura e ciente de seus princípios e do que é melhor para você.
      Beijão

      Excluir
  13. Na minha cabeça, o momento certo é quando você pode assumir as consequências do que o sexo pode causar.
    Ceder a pressão nesse caso é algo muito errado, já que isso é algo tão intimo, tão seu que as pessoas ao seu redor não tinha nem que estar opinando nisso.
    E concordo MUITO sobre ser desnecessário o assunto ser tratado como um tambu. É por conta disso que vemos casos de pessoas fazendo isso sem querer de verdade, pais muito jovens, abortos, etc.
    Beijão

    http://jubaqueen.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, isso sempre me incomodou. Se é algo íntimo, com que direito as pessoas invadem a intimidade das outras? Essa atitude é horrível demais!
      Infelizmente lindinha, isso é realidade, a falta de informação e de aconselhamento, acompanhamento, leva as pessoas, principalmente os jovens a cometerem muitos erros.
      Beijos :*

      www.Juhlihipy.com

      Excluir
  14. adorei seu post muito bom vai ajudar muitas gente que tem duvida
    beijos
    Ariana bARBOSA
    arianabarbosablog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Achei muito legal a sua iniciativa de abordar este assunto. Concordo com você que não existe "o momento certo", acredito que para iniciar a vida sexual é necessário conhecimento tanto sobre si quanto sobre métodos de prevenção.

    ResponderExcluir
  16. Gostei muito do post, da forma como você abordou o assunto.
    Acho que o momento certo da pessoa ter a sua primeira relação é quando ela estiver realmente preparada emocionalmente e fisicamente também pras consequências que o ato dela pode ter, sem cair na pressão de ninguém para que não haja nenhum tipo de arrependimento depois.

    Beijos

    Senhorita Marmelada

    ResponderExcluir
  17. Poxa, achei este post incrível! É a primeira vez que vejo alguém falando sobre assunto e me peguei pensando porquê, já que é algo que afeta à todos né.

    Eu concordo contigo quando diz que as pessoas não deveriam fazer isso apenas por causa da pressão que as outras colocam em cima dela. Eu acho ridículo essa piada toda que a galera faz quando alguém é virgem... Tipo, e daí, qual o problema? Eu mesma perdi a virgindade aos 18 anos e não me arrependo por ter esperado, porque quando aconteceu eu já tinha "a cabeça no lugar", já entendia mais as coisas e acho que foi isso o que me fez aproveitar mais o momento. Quando eu era mais nova, eu ficava muito nervosa só com a menção de sexo, então acho que se tivesse feito isso antes estragaria este momento da minha vida.

    Parabéns pelo post e pela criatividade em abordar este assunto ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vejo que muitas pessoas ignoram, tem medo, só porque fala de "sexo", mas este é um tema para as pessoas terem medo, vergonha? Não, não é!

      Eu nunca entendi esse povo que tanto critica os outros que "esperam". Aí a pessoa tem que fazer algo que vai frutar a vida dela, ficar angustiada, infeliz por algo que não quer fazer? Não tem o menor sentido.

      Obrigada pelos elogios, fico bastante feliz e estimulada a permanecer mais e mais nessa blogosfera!
      Beijão :*

      Excluir
  18. Adorei o tema que você abordou. Sexo é algo natural, não deve ser banalizado, como não deve ser tratado como tabu. Idade certa não existe, o que existe é a maturidade, e muita gente esquece disso.
    Não vejo sentido em tanta pressão que colocam para perda da virgindade. Adorei mesmo o texto e a forma como você tratou do assunto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você tem toda a razão!
      Obrigada pelo reconhecimento, fico lisonjeada!
      Beijo

      Excluir
  19. Muito legal o post e a reflexão! Acho que a virgindade é muito natural e não precisa ser um tabu, se bem conversada e bem amadurecida :). A pessoa deve respeitar o momento em que ela própria acha certo!
    boa semana :)

    Red Behavior

    ResponderExcluir