Não bagunce a sua vida!


Aparentemente você tinha a sua vida toda organizada. Sua rotina era bem programada: de dia você fazia tal atividade, à tarde trabalhava ou estudava, e à noite tinha o costume de fazer sempre as mesmas coisas. Estava tudo bem pra você. Até surgir outra oportunidade em sua vida, seja de emprego ou outra questão, ou até mesmo um imprevisto. Neste último caso é muito mais fácil que toda a sua vida se "desmorone" em questões de segundos.

Este post é pra quem não sabe lidar com coisas novas, diferentes do habitual. Geralmente quando começo um emprego ou faço uma outra atividade nova onde lido com situações e pessoas diferentes não consigo me entregar de primeira. Parece que meu organismo envia mensagens de bloqueio e insegurança e não consigo despertar o meu verdadeiro eu. Não até as coisas se encaixarem e eu encontrar meu momento de conforto.

Até que eu me identifique com tais atividades, eu me sinto finalmente mais confiante para fazê-las. Vem aquela empolgação, o desejo se dedicar cada vez mais, um interesse que só cresce a cada dia. A realização só vai aumentando. Porém, chega um determinado  ponto, o ápice, em que o tempo passa e eu percebo que "já está bom". Parece que se dedicar ao mesmo projeto durante tanto tempo leva a um estágio inevitável de cansaço, do "agora não dá mais pra continuar" ou "você precisa dar uma pausa, encontrar seu rumo".

Diante de tantas atividades, tantos projetos em mãos, acabo focando no que hoje me interessa e aquilo que há tanto tempo me trouxe prazer e foi o foco da minha vou deixando em segundo plano. É um ciclo sem fim até encontrar o equilíbrio. De repente, como esperado, a vida responde com um tapa na cara e manda um "você não está se dedicando a atividade X, aqui está sua consequência de fracasso". Você sabe que você precisa se organizar, limitar seu tempo, mas sua cabeça parece que vai explodir e você sente que não vai dar conta de tudo. Sério, há uns dias atrás eu quase surtava.

Olho para o meu quarto e vejo desorganização. Há muito tempo roupas sujas vem sendo acumuladas e o "depois" da frase "vou organizar depois" vai sendo acrescentado cada vez mais de novos segundos, minutos, horas, dias. E de repente, toda a minha vida está bagunçada. Bagunçada há vários dias. Por que sair de tal emprego, se deparar com novas atividades ou obter um resultado diferente do que esperávamos nos leva a pensar que estamos nos desequilibrando? Por que focamos tanto em coisas para encontrarmos plena satisfação e depois vamos perdemos o interesse? Por que isso nos paralisa? Uma resposta: o medo.

É a falta de controle e de confiança que faz com que permitamos que as coisas na nossa vida percam a direção. Sabemos que se fizermos um pouco de tudo o que temos que fazer, se fizermos aquilo que gostamos, chegaremos ao resultado final, sem precisar de stress, de desespero. As coisas estão desorganizadas? Estão. Posso me organizar? Posso. Posso conseguir aquilo que quero? Posso. Se não gosto de tal emprego posso sair? Posso. Posso me dedicar a outras coisas? Posso. Posso ser bem-sucedida? Posso. As pessoas vão impedir que eu alcance as coisas que eu quero? Não. Quem pode me impedir de alcançar tudo isso? Eu.

Como já diz uma mensagem típica de circular no Facebook: Inspire. Expire. Não pire. Nossa felicidade nunca pode se resumir a coisas, e as atividades que fazemos o dia-a-dia não podem resumir a nossa essência, mas seja o que for que façamos, que façamos aquilo que nos faz bem e do jeito que nos faz bem. Qualquer nova situação de imprevisto pode ser controlada. Isso, claro, requer organização e dedicação. Quando você perde o controle das coisas e não sabe mais direcioná-las, aos poucos você vai permitindo que a sua vida se torne uma bagunça e você não sabe mais o que está fazendo, nem por que está fazendo algo.

Não perca a direção da sua vida. Não a bagunce. Assuma o controle. Organize seu tempo, ele não é seu inimigo, é mais acessível dominá-lo do que você imagina.

Enquanto houver tempo para oportunidades, ainda há oportunidades para o tempo.



comentário(s) pelo facebook:

18 comentários

  1. Esse ano, minha rotina deu simplesmente uma reviravolta. Foi complicado conseguir me adaptar. Antes era tudo mais simples, tinha tempo de sobra para fazer várias atividades. Tudo ficou uma baguncinha. Mas no balanço dessa rede, a gente no final das contas consegue se adaptar, as peças se encaixam, e a bagunça? Ah... ela só some...
    Beijoos, <3
    http://eaigirlblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Me identifiquei... Ainda estou na fase da adaptação... O desânimo complicou tudo!
      Vou correr atrás do prejuízo e também seguir seus conselhos.
      Beijão :*

      Excluir
  2. Essa mania de "depois eu faço" é algo extremamente comum e que nos fazem um mal que nem imaginamos. Amei a ultima frase "Enquanto houver tempo para oportunidades, ainda há oportunidades para o tempo." Parabéns pelo texto e espero que começamos a aprender que não precisamos ter medo e que somos capazes de tudo.

    Prazer, Jéssica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente essa mania é fogo! Sempre acaba nos prejudicando e muito!
      Obrigada pelo elogio <3 Fico feliz que a frase espontânea tenha servido de inspiração para as pessoas.

      Espero o mesmo! Gostei muito do seu comentário!
      Beijos :*

      Excluir
  3. Que texto hein, que tapa na cara.
    Estava precisando ler isso. Como você, há alguns dias eu quase piro.
    Essa procrastinação vai consumindo a gente como uma bola de neve. São tantas coisas a serem feitas que a gente não consegue fazer nada.
    Lindas palavras <3
    ps: seu blog é lindo
    mil beijos!

    Com carinho, Beca;
    Café de Beira de Estrada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi um tapa na cara recíproco, porque também serviu pra mim, rs.
      Obrigada por todos esses elogios <3

      Beijão! :*

      Excluir
  4. Por que não postou isso no final do ano passado? Ia me ajudar muito. Passei por uns problemas que bagunçou minha vida completamente.
    Beijos,
    www.hitsdomomento.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rsrsrsrs, acontece. Criei o blog esse ano, mas fico feliz em poder ter ajudado! Acredito que passar por isso tenha te deixado mais madura e ciente dos fatos, tentarei prosseguir diante de tudo isso.
      Beijos :*

      Excluir
  5. Nossa, eu realmente precisava ler um post desses, viu? Estou muito louca com tudo o que está acontecendo na minha vida e parece que tudo começa a ficar de pernas pro ar, não tenho tempo pra nada, preciso estudar... LOUCURA! Mas depois disso tudo que escreveu, me ajudou a ter mais calma e me organizar melhor. MUITO OBRIGADA, por mais pessoas que nos ajudem assim no mundo. Seu blog é lindo, ganhou uma inscrita. Mil beijossss.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz por ter ajudado, eu que agradeço! <3 :D
      Obrigada pelo carinho e desejo melhoras para nós! Que conquistamos nossos objetivos <3
      Beijão :*

      Excluir
  6. É isso ai Juliana, é preciso foco. As vezes as coisas acontecem tirando nosso rumo mas é justamente pra sermos testados. Dedicação é necessaria prara que não deixemos pra tras coisas importantes e que talvez não voltem. O caos é enlouquecedor mas é passageiro.

    ResponderExcluir
  7. Essas coisas fazem parte. Pra isso devemos ter calma e ir passo a passo.
    Beijos!

    www.brilhamiga.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Esse tipo de texto sempre me ajuda um pouco.
    Apesar de ser organizada, sou uma procrastinadora enorme! Principalmente nesse ano, em que eu estou cheia de tensão por conta de vestibulares; acabo ficando muito nervosa e bagunçando tudo :/
    Mas tudo bem. Acho que isso faz parte :) vou continuar tentando organizar meu quarto e meus pensamentos descontrolados.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Super entendo essa fase de pré-vestibular. Mas pelo o que eu pude observar você é bem organizada e bem decidida no que faz. Continue assim!
      Beijos

      Excluir
  9. Meu Deus, foi pra mim? Esse texto FOI-PRA-MIM!
    Ju, há muito tempo não me identificava assim com um texto. Sabe, me deu uma inspiração. A minha vida está exatamente desse jeito. Eu fico pirada, ansiosa e desgostosa. Olhar pro meu quarto bagunçado é uma tristeza, dai paro, e vejo que a minha vida está da mesma forma. Estou louca pra sair dessa fase péssima e vou tentar com todas as minhas forças!
    Amei o texto <3

    Nayandra,
    www.ultimobiscoito.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiquei muito feliz com seu comentário :D
      Quando fiz esse texto achei que iria ficar muito confuso e que a maioria das pessoas não iriam entender nada, mas pelo visto foi bem útil. Estou passando pela mesma fase que você e da mesma forma tentarei recuperar minhas energias e dar a volta por cima.
      Boa sorte para nós!
      Beijão :*

      Excluir