SOCIAL MEDIA

31/05/2016

Traumas de infância


O tema do post de hoje é bem angustiante, difícil de escrever, mas ao mesmo tempo importante de ser compartilhado. Tudo na nossa vida é aprendizado, mas quando certas coisas acontecem quando somos jovens demais e imaturos para entender o que se passa fica difícil compreender e aceitar que determinadas situações da nossa vida ocorrem para o nosso "bem".

Quando somos crianças, nosso perfil de adulto é literalmente moldado. A partir do momento que estamos descobrindo o mundo, nos desenvolvendo, lidando com as pessoas, a cada dia estamos aprendendo mais e certas coisa nunca esqueceremos, seja por bons ou maus motivos, ou por lembranças boas ou ruins. Como o tema do post é meus traumas de infância, citarei alguns que me marcaram até hoje.

Meus pais não se amavam

Eu lembro de ficar reparando nos meus pais e não achá-los um casal, mas pessoas que conviviam juntas. Eu era muito nova, tinha cinco, seis anos e já notava isso, o que me deixava bastante angustiada. Eu pensava que entre eles deveria existir amor, companhia, afeto e eu não presenciava nada disso, e isso me incomodava. Fazia brincadeiras para unir os dois, até tirava onda com o fato pra poder brincar um pouco e ver se eles se entendiam, mas nada. 

29/05/2016

Tag Louca por batom


A tag de hoje foi criada pela Camila Coelho e eu a encontrei no blog Conta Tudo Cacau. Sempre procuro responder Tags descontraídas, diferentes, e esta me deixou muito animada! Vamos às perguntas:

1. Quantos batons você tem na sua coleção?

18 batons.



2. Com quantos anos você começou a usar batom?

Comecei a usar com frequência mesmo aos 19 anos. Eu não tinha o costume de usar e por conta disso eu sempre estranhava quando usava batom e logo me apressava para remover. Depois fui conhecendo blogueiras, gostando das cores dos batons que elas usavam (os da Evelyn Regly principalmente) e comecei a comprar alguns que me ajudaram a levantar a auto-estima.

28/05/2016

#MinhaEscrita03: Metamorfose


Hoje trago um texto que escrevi em 2011 e publiquei em um antigo blog meu (confira aqui o post original). Foi numa época onde eu estava começando a deixar de ser uma adolescente insegura e passei a renovar meus pensamentos, ser mais confiante e até a me sentir mais bonita. Espero que gostem :)

Ela sabia que sua vida tinha mudado. Bastou uma rápida olhada no espelho para ela se dar conta que estava diferente. Estava do jeito que sonhara antes. A vida tinha lhe proporcionado uma bela metamorfose. A menina sonhadora está pronta para ver o mundo que existe por trás das paredes do seu quarto. Seu pensamento diz que “agora é a hora” e seu coração diz: “vá, você consegue!". Ela, enfim, sente que não tem por que temer e que está preparada para aprender com seus erros. 

27/05/2016

Perder a virgindade: Qual o momento certo?


Não considero o assunto "virgindade" como um tabu ou algo polêmico. Penso que este deveria ser um assunto tratado com normalidade e seriedade ao mesmo tempo. Hoje em dia, o adjetivo "virgem" virou sinônimo de ofensa, menosprezamento, e algumas pessoas, principalmente os jovens, que são chamados de "virgens" como algo pejorativo se veem, infelizmente, na obrigação de perder a virgindade.

O que é ser uma pessoa virgem? Claramente, uma pessoa que nunca teve relações sexuais. A virgindade é algo abstrato, diz-se da condição de nunca ter feito sexo, e alguns a remetem a uma "pureza". De forma conotativa, quando alguém faz sexo pela primeira vez fala-se que este perdeu a virgindade. Se este alguém for menina e durante suas relações sexuais houver penetração e o rompimento do hímen que protege o orifício externo vaginal, ao rompimento e a ausência desta membrana se dá a "prova concreta" de que não há mais virgindade. 
Entretanto, a virgindade vai além dos fatos biológicos, primeiro que nem todas meninas/mulheres possuem hímen ou o perdem durante o ato sexual, e segundo porque a virgindade está associada ao fato de nunca ter praticado sexo.

26/05/2016

Não bagunce a sua vida!


Aparentemente você tinha a sua vida toda organizada. Sua rotina era bem programada: de dia você fazia tal atividade, à tarde trabalhava ou estudava, e à noite tinha o costume de fazer sempre as mesmas coisas. Estava tudo bem pra você. Até surgir outra oportunidade em sua vida, seja de emprego ou outra questão, ou até mesmo um imprevisto. Neste último caso é muito mais fácil que toda a sua vida se "desmorone" em questões de segundos.

Este post é pra quem não sabe lidar com coisas novas, diferentes do habitual. Geralmente quando começo um emprego ou faço uma outra atividade nova onde lido com situações e pessoas diferentes não consigo me entregar de primeira. Parece que meu organismo envia mensagens de bloqueio e insegurança e não consigo despertar o meu verdadeiro eu. Não até as coisas se encaixarem e eu encontrar meu momento de conforto.

24/05/2016

O que eu curso na faculdade?


A Rebeca Maynart do blog Café de Beira de Estrada criou o Projeto Blogueiros Universitários, cujo objetivo é fazer com que cada blogueiro "compartilhe suas experiências universitárias para tirar dúvidas sobre seu curso e auxiliar outras pessoas com dicas simples sobre, por exemplo: como conseguir estágio, como escolher que profissão quer seguir, como é a faculdade, como participar de grupos de pesquisa", entre outros. Veja o post informativo aqui.

Para ajudar pessoas que tenham dúvidas a respeito do que prestar para Vestibular e informá-las sobre a minha futura formação, logo me interessei por esse projeto. Eu já publiquei aqui no blog a Tag Minha Faculdade, onde eu respondi a algumas breves perguntas sobre minha faculdade de uma forma mais pessoal para conferir clique aqui.

Sobre o meu curso

Eu faço Licenciatura Plena em Ciências Biológicas na Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). O curso visa a formação de futuros professores de biologia para atuarem nos Ensinos Fundamental e Médio, com estímulo à participação em programas de Educação Continuada e de Pesquisa. 

22/05/2016

Tag Minha viagem em 7 fotos


Estou iniciando a primeira categoria de Tags que serão publicadas todos os domingos aqui no blog. Para começar, procurei uma Tag sobre viagens ou sobre fotografias onde eu pudesse descrever fotos sobre alguma viagem. Mas não é que eu não encontrei? :(

Para não ficar sem postar o que eu tanto queria resolvi que eu mesma inventaria a Tag, haha. A Tag se chama Minha viagem em 7 fotos e consiste, obviamente, em escolher 7 fotos de uma determinada viagem que você fez e descrevê-las, comentando o que foi registrado, curiosidades, a importância de tal momento na sua vida e por aí vai. Se você quiser fazê-la no seu blog não esqueça de comentar que achou a tag no Juhlihipy e de me avisar pelos comentários para eu poder ler. :D

Minha viagem foi em: Tacaratu - PE.

Quando? Fevereiro de 2016.

Um pouco sobre a viagem:

Tacaratu é uma cidade do interior, sertão, de Pernambuco, distante em torno de 400 km da capital Recife. Uma cidade tranquila, calma, bonita, típica de interior! Possui um clima gostoso, é rodeada por serras, estas que agora são "enfeitadas" por aerogeradores (energia eólica). Meu pai é natural de lá e em fevereiro deste ano, na época de carnaval, fui passar o feriado com ele na sua cidade natal. Em Tacaratu não se comemora o carnaval basicamente, diferente do que acontece em Recife e Olinda por exemplo, o que se tem lá é muito descanso e sossego!

21/05/2016

#MinhaEscrita02: Esse alguém não é você


Eu só queria um pouco de atenção
Sentir o mínimo de uma paixão
Não queria mendigar amor
Recebo ele de graça se preciso for

Sabe, eu cansei de correr atrás
De coisas sem valor, que não importam mais
Quando alguém é importante a gente se esforça
Pra mantê-lo sempre perto nessa vida nossa

Se puderes ir embora,  por favor pode ir
Não faço mais questão de que fiques aqui
Preciso de um tempo pra me organizar
Meu coração é lento, pode até parar

19/05/2016

Assédio nas ruas: Desde quando eu sou sua?



O post de hoje irá tratar de muitos acontecimentos que interferem a vida da mulher e parecem, infelizmente, serem naturais na vida de todas elas. Estou ciente de que homens também podem sofrer ou sofrem assédio, tanto por mulheres como de pessoas do mesmo sexo, mas irei abordar o público feminino como alvo, já que somos alvo bem mais e um trilhão de vezes mais frequente de casos desse tipo.

Biologicamente falando, o homem é atraído instintamente pela visão. Por exemplo, se este se deparar com uma mulher muito bonita aos seus olhos, naturalmente seu organismo responderá com hormônios que o levará a ficar excitado. Acho que muitos de vocês já devem ter ouvido falar que o homem possui extintos "de caçador" e naturalmente tende a observar os detalhes dos corpos alheios. É desse caso que eu estou falando. 
Não acredito que "todo homem é um estuprador em potencial", porque para ser um estuprador a pessoa precisa ser carente de consciência e de juízo moral. Por mais que em casos de excitação o ser humano "relaxa" do mundo ao seu redor e sua consciência se volta a pensamentos sexuais, nada justifica a falta de consciência do respeito, e atos como estupro, assédio e violência sexual.

17/05/2016

Organização do blog: dias de novos posts


Vocês acham importante um blog ter organização? 

Claro que a organização é um fator muito importante em diversas áreas da vida seja pessoal ou profissionalmente. Ma se tratando de um blog levado a sério é ainda mais importante firmar compromisso com seu leitores e deixar seu blog atualizado. Os leitores se questionam: Quando terá post novo? Quando eu vou ler sobre determinado assunto? Quando eu vou ler uma Tag descontraída? 

É importante que as pessoas que acessam seu blog tenham noção desses detalhes. Caso contrário, a demora entre um post e outro, por exemplo, pode levar a desistência de visitantes ao seu blog, pois estes podem chegar a pensar que seu blog está inativo. Já blogs atualizados regularmente costumam receber uma maior quantidade de visitas diárias.

15/05/2016

#MinhaEscrita 01: Uma história de amor


Quando eu criei o blog meu objetivo era postar textos discursivos onde eu refletisse minha opinião sobre determinados assuntos e de certa forma pudesse ajudar algumas pessoas e ser útil, produzir conteúdo. Nesse mundo tão diversificado que é a Blogosfera encontrei vários tipos de blogs, inclusive alguns onde os autores postam textos e diversos contos de sua autoria e eu pensei| "Eu também sei fazer isso!".

Vou me organizar para separar um dia especial para postar contos, histórias e até mesmo poesias. Todos os meus posts nesse estilo farão parte da categoria Minha Escrita, nome inclusive que eu inventei agora neste exato momento que estou escrevendo este parágrafo. :)

O primeiro #MinhaEscrita é um texto que eu fiz em 2012 num antigo tumblr que eu tinha (veja ele aqui). É uma história sobre uma menina que pensa em se suicidar e não acredita que ela merece ser amada. Eu pensava em fazer uma história com vários capítulos, mas acabei criando uma espécie de webnovela e deixei a história no ar, sem continuação... Uma pena porque do jeito que eu escrevi tudo acontece muito rápido, mas enfim, espero que gostem! :)

13/05/2016

Tag Daydream + Layout Novo


Olá pessoal! Hoje eu trago o post com muita informação, rsrs. A primeira é que eu finalmente consegui comprar um notebook, e agora eu tenho meu próprio computador pra me dedicar ao blog, mexer com webdesign, design gráfico, e trabalhos da facul e da vida #êêh :).

A segunda é que eu me empolguei com a novidade e instalei um template com mais cara de blogueira. Quero agradecer especialmente à Lory por disponibilizar o tema base que eu editei, à Karoline pelos ícones de redes sociais, à Bruna pelo código de posts relacionados, e à Larissa pela fonte que eu usei no layout. ufaa! Espero que gostem <3.

A terceira é que eu fui indicada pela Jaque através do grupo de interação entre blogueiros Daydream (super indico e amo) a responder à Tag que leva o nome do grupo. Então, sem mais nem longas, vamos as minhas respostas!

1 - Como surgiu o nome do seu blog?

Em 2009 conheci uma blogueira "chamada" Natxhypy. Achei interessante o nickname dela e depois de muitos anos pensando, em 2011 consegui me inspirar nela e chegar ao nome Juhlihipy.

10/05/2016

Não se iluda, não: Os melhores conselhos


Pra quem não conhece, o Não se iluda, não é o segundo livro da escritora Isabela Freitas, e continuidade do Não se apega, não. Os dois livros fazem um sucesso entre os adolescentes, principalmente entre o público feminino. Neles conhecemos a perturbada vida amorosa da personagem principal Isabela e embarcamos no seu mundo de angústias, confusões e paranoias, mas também de muitas aprendizagens. Para saber mais, nada melhor que uma sinopse:

Depois de passar um ano sem namorado, Isabela está determinada a realizar o grande sonho de ser uma escritora reconhecida. Resolve dar os primeiros passos anonimamente, criando um blog onde assina como 'A Garota em Preto e Branco'. Em seu diário virtual, ela desabafa, fala dos amigos, dos não tão amigos assim, e confessa suas aventuras e desventuras amorosas. Assunto é o que não falta. Durante uma temporada agitada em Costa do Sauípe, na Bahia, acompanhada por Pedro, Amanda e sua insuportável prima Nataly, Isabela conhece o irresistível Gabriel, um sujeito praticamente perfeito, a não ser por um pequeno detalhe... Entre shows e passeios na praia, Isabela precisa admitir para si mesma que sente uma atração cada vez maior pelo seu melhor amigo. Em seu segundo livro, Isabela Freitas dá sequência às histórias dos personagens de 'Não se apega, não'. Dessa vez, com a cabeça nas nuvens e os pés firmemente no chão, a personagem Isabela vai em busca daquilo que seu coração realmente deseja, mesmo quando seu caminho é bem acidentado e cada curva parece esconder uma nova surpresa.

09/05/2016

03 atitudes que você precisa incentivar na sua vida


Nesse período de provas que tanto me consomem vou deixar um post 3 em 1, com três dicas que eu tento exercitar no meu dia a dia e gostaria de passar pra vocês. São execícios mentais que com certeza fará a vida de quem os praticar mais leve e repleta de paz. Vamos lá!

01 - Parar de se comparar com as outras pessoas.


Um hábito bem comum e bem destrutivo. Uma pessoa que se compara com as outras de forma não saudável não é capaz de enxergar a sua própria individualidade nem a do outro, de modo que cegamente gasta suas energias para conseguir algo de uma maneira que não vai lhe dar retorno, pelo menos não de uma forma em que lhe seria mais benéfica. 

05/05/2016

Como eu edito minhas fotos no Camera360


Hoje eu irei mostrar pra vocês o meu aplicativo preferido para Edição de Fotos, o Camera360. Para mim, ele é muito útil na edição de fotos pessoais, entretanto fotos de outros gêneros também poder ser editadas nele, visto que ele possui muitos filtros interessantes.

Caso se interesse em baixá-lo, ele é gratuito e você pode conferir na página do Camera360 na PlayStore.

03/05/2016

Criar conta no Tinder: Vale à pena?


Hoje eu venho listar algumas perspectivas minhas sobre o aplicativo Tinder. O Tinder é um app de Relacionamentos, onde as pessoas se conectam através de sua conta no Facebook. Feito isso, o usuário adiciona suas fotos, define o sexo e a faixa etária das pessoas de interesse, assim como a distância em que deseja que o aplicativo faça buscas. 

Na tela inicial é exibida uma foto do perfil de cada usuário de possível interesse e tudo o que você precisa fazer é clicar no x, caso não se agrade, ou clicar no coração verde caso se interesse. Para avaliar mais a pessoa você pode tocar na foto dela para poder visualizar mais fotos e obter mais informações sobre a mesma. É possível que cada usuário escreva uma descrição e exiba suas fotos do Instagram. Obrigatoriamente serão exibidos primeiro nome da pessoa, idade, e local de trabalho ou estudo informados no Facebook.

O Tinder é um aplicativo internacional e sua ideia é promover encontros. Ao gostar de uma pessoa, sua foto será exibida na tela inicial dela, e se ela também escolher o coração verde, a mensagem "It's a Match", que significa "Vocês se combinam!", será exibida. Depois, vocês estarão aptos a iniciar uma conversa pelo Chat do Tinder. E o restante fica por conta de vocês, rs.

01/05/2016

Me odeiam sem motivo, e agora?


Acredito que todo mundo já presenciou um momento onde alguém simplesmente não foi com sua cara. É meio que natural pegar cisma com algumas pessoas e ter uma primeira impressão sobre elas. Nunca vamos conseguir agradar a todo mundo e isso é fato. Mas existe uma linha tênue entre não gostar da pessoa e não conhecer a pessoa. 

Digo isso porque as pessoas que nos odeiam sem motivo não nos conhecem. Justamente por isso é que elas nos odeiam sem motivo. O grande problema é quando as pessoas levam à sério o ódio de graça e o intensifica. Alimentam no coração um ódio, um desejo de ver o outro infeliz, abrem espaço para fofocas, mentiras. Tudo isso porque não gostaram do outro. Muitas vezes porque este possui coisas que o odioso/invejoso não tem: amigos, um namoro, uma boa aparência ou qualquer outro talento ou coisa que o gera indignação.