SOCIAL MEDIA

20/07/2017

Como instalar Comentários do Facebook no blog


Usar o plug-in dos comentários do Facebook permite que haja mais interação com os leitores, fazendo com que se sintam mais motivados a comentar, já que a ferramenta é bem simples e usa apenas o próprio perfil do Facebook. Se você quer fornecer essa opção além do sistema de comentários da sua plataforma, vamos ao tutorial:

1º passo: Acesse este site do Facebook, onde você pode gerenciar todos os aplicativos desenvolvidos pela sua conta do Face.

2º passo: Clique em Cadastrar-se agora. Irá aparecer uma janela de confirmação, confirme e clique em Crie um número de identificação do aplicativo.


3º passo: Identifique o aplicativo com o nome do seu blog e confirme seu endereço de e-mail:


4º passo: Confirmada a criação do número de identificação do aparelho, aparecerá um painel com o CÓDIGO ID DO APLICATIVO que precisamos. Localize-o e copie o código, pois vamos precisar dele.


5º passo: Acesse o Painel de visualização dos comentários. É aqui que você terá acesso a todos os comentários, saberá em quais posts foram feitos cada um, além de excluir e banir comentários indesejados. Para receber notificações no seu próprio Facebook pessoal de novos comentários, vá em Configurações > Moderadores e no campo que aparece digite seu nome de usuário/perfil pessoal e salve:


6º passo: Agora chegou a vez de inserir os comentários no HTML do seu blog. Vá no seu editor HTML e logo após a tag <head> insira os seguintes códigos:

<!-- [ Meta Tag Comentarios do Facebook ] -->
<meta content='seufacebook' property='fb:admins'/> 
<meta content='iddoaplicativo' property='fb:app_id'/>

Substitua seufacebook pelo seu user no Facebook. Para saber qual é o seu, acesse seu perfil pelo computador e copie o que aparece logo após de "https://www.facebook.com/", exemplo: "https://www.facebook.com/funaladetal015", seu user do Facebook é fulanadetal015.

Substitua iddoaplicativo pelo código que você copiou no 4º passo.

7º passo: Vamos inserir a "caixinha" dos comentários na divisória certa, que pode variar de acordo com seu template e seu layout. Esteja ciente de que sempre é logo acima ou logo abaixo dos comentários do próprio Blogger/Wordpress, então em caso de dúvidas sempre procure por essas divisórias no seu código.

Tecle CTRL + F e procure pela divisória <div class='post-footer-line post-footer-line-3'>.

Caso não encontre, vamos usar outra divisória, então procure por uma dessas seguintes:

<div class='post-footer-line post-footer-line-2'>

<b:includable id='comment_picker' var='post'>

8º passo: Encontrada a divisória, logo abaixo dela iremos inserir o seguinte código (créditos ao blog FalaDantas):

<b:if cond='data:blog.pageType == &quot;item&quot;'>
                        <div style='float: left; margin: 0px auto 20px; padding: 10px; background: #fff;'>
                          <h4>
                            <fb:comments-count expr:href='data:post.url'/>
                            comentário(s) pelo facebook:
                          </h4>
                          <div id='fb-root'/>
                          <script src='http://connect.facebook.net/pt_BR/all.js#xfbml=1'/>
                          <fb:comments expr:href='data:post.url' num_posts='5' publish_feed='true' width='680'/>
                        </div>
                  </b:if>

Salve as alterações e acesse um post do seu blog para ver se funcionou.

ATENÇÃO:

1. Apague o código em vermelho apenas se quiser que os comentários apareçam na página inicial do seu blog e não apenas quando se abre o link do post. Muitos blogueiros preferem manter esse código.

2. Mude o número 5 pelo número de comentários que serão exibidos antes do botão "Carregar mais comentários".

3. Mude o número 680 para mais ou para menos, ajustando, assim, a largura da caixa dos comentários para ser a mesma que a dos comentários do seu layout.

4. Se você usa um template responsivo gratuito do Themexpose ou semelhante, no seu Editor HTML tecle CTRL + F, busque <div class='post-comments' id='coments'> e insira o código do 8º passo logo após o  fechamento </div>, como mostra a imagem seguinte:


Então é isso, espero que aproveitem e que possam tirar qualquer dúvida por meio deste tutorial. :)

13/07/2017

10 coisas que aprendi com o blog


Tudo na vida traz aprendizado e com o blog não pode ser diferente! Muitos são os blogueiros de carteirinha, que possuem blogs desde os primórdios quando esta ferramenta passou a ganhar popularidade e com tantas mudanças e evoluções tem muita história pra contar. Meu primeiro blog (e mais outros quinhentos) eu criei aos 12 anos, ainda lá em 2007, 2008, então não preciso falar que tenho o que falar hehehe

Então vamos pontuar o que interessa e ver se alguém mais se identifica:

1. Reconhecer meu potencial

Sempre achei muito mais fácil me encantar com pessoas, principalmente as figuras públicas, e pensar "como essa pessoa é incrível!" ou "como essa pessoa é boa no que faz!" e achar que eu fosse apenas uma figurante com nenhum papel admirável no mundo. Não importa se eu tivesse minhas coisas diárias pra fazer, nada parecia relevante. Mas dedicar um tempo para atualizar e desenvolver um blog me deu uma luz de que sim, eu posso fazer algo, e muito bem feito, porque eu tenho potencial para tal coisa! E cuidar do blog sempre foi algo tão "natural" pra mim no sentido de algo "instintivo" mesmo, como se eu realmente precisasse fazer aquilo e fosse minha vocação.

06/07/2017

Lembranças da antiga Blogosfera


E finalmente, estou quase de férias (ufa!) e posso reviver o gostinho que é sentar e escrever para um blog. Iria fazer um tutorial, mas depois de fazer esse meme pro United Blogs com alguns fatos que só quem é blogueiro antigão lembra, resolvi escrever sobre este tema! Eu não tinha sequer entrado no Blogger esses dias e me espantei pelas 106.656 visitas totais alcançadas mesmo sem postar com frequência... Daí resolvi pôr tudo em ordem e programar 01 post por semana. Então, toda quinta-feira nos encontramos aqui! o/

Mas indo ao assunto do post... Eu já tinha escrito o Lembranças de quando virei blogueira e agora estou o rescrevendo de forma mais intensa. Entrei hoje em um blog lá da época do ".zip.net" e morri de rir de como os posts eram tão sinceros e tão bobos até. A gente escrevia sobre tudo o que nos aconteceu no dia, os blogs eram uma espécie de diário mesmo. Nada era programado, e fico pensando: Será que textos daquela época chamariam atenção do público hoje?

06/06/2017

Desabafo de uma recém-formada


E aí pessoal!
A nossa vida é repleta de diversas fases, altos e baixos, tudo muda, a gente muda, inclusive nossas prioridades, pensamentos...
Andei afastada do blog porque comecei minha segunda graduação, que como eu já comentei aqui, me exige muito mais esforços do que eu já estava acostumada a fazer, isso inclui saber o nome de todos os acidentes ósseos, músculos e ligamentos do corpo humano, então eu decidi me situar nessa minha nova rotina até me organizar com o blog e outras atividades fora a universidade. Gosto de me dedicar 100% às minhas coisas e para chegar nesse ponto é necessário um auto-conhecimento, algo muito bom de tirar um tempinho na correria do dia a dia para se fazer!

Mas enfim, indo ao assunto do post...
Enfim, consegui concluir meu primeiro curso superior e estar apta a receber o título da minha primeira profissão! Êêêh 👋👋👋
Estou rica? Não estou rica. Pretendo seguir a profissão? Talvez, depende das oportunidades, mas sinto a necessidade de algo melhor, quero alçar mais vôos! Estou feliz? Sim! Por quê? Porque posso não estar exatamente como eu imaginei estar, mas estou certamente onde eu deveria estar.

Confuso? Vou explicar minha história!

Bem, eu sempre estudei em escola pública. E a minha não era das melhores. Os alunos da comunidade não respeitavam o espaço escolar, os professores e qualquer coisa que envolvesse o ensino e a educação, seja ela escolar ou propriamente dita. Já muitos professores, também desestimulados com a realidade, desvalorização à profissão, tanto por parte do governo quanto dos alunos, também não davam aula direito. Chegavam na sala, escreviam qualquer coisa no quadro, passavam qualquer tarefa, e simplesmente todos passavam, afinal, "tinha que dar um jeito".

30/04/2017

Templates responsivos para Blogger por R$ 16,39

Eu já fiz um post com vários templates responsivos para Blogger gratuitos, para ajudar quem está à procura de um bom layout que se adapte à tela de vários dispositivos e não comprometam a navegação do usuário. 

Quem é amante dos temas do Themexpose, por exemplo, sabe que muitos blogueiras usam os layout de lá e às vezes é meio chato ter que se deparar com dezenas de blogs idênticos ao seu, ainda que cada um tenha cores e layout modificados. 

Optar por comprar um layout não garante exclusividade, mas já diferencia o seu blog. Além disso, os layouts à venda costumam ser mais sofisticados dos que os disponíveis gratuitamente, e ainda possuem mais oportunidades de edição, já que é possível se comunicar com o autor do template original e solicitar algumas modificações inclusas no pacote da compra.

Os layouts que eu vou indicar são do site Etsy, um site internacional. Você precisa fazer cadastro e login para visualizar os preços na moeda brasileira e efetuar a compra via Paypal ou cartão de crédito ou débito. Assim que a compra é confirmada você recebe um e-mail com um link para download, super rápido, praticamente na hora.

No meu caso ao comprar este layout atual, eu mesma fiz a instalação e edição. Semelhante ao que acontece com os templates disponíveis em sites internacionais, se faz o download de um pasta com os arquivos do template (versão com 2 ditos de menu, sidebar à esquerda ou direita, etc) + Códigos das gadgets (slides, caixa de busca, etc).

Enfim, separei 06 modelos que você pode encontrar no Etsy pelo valor de R$ 16,39, um preço mais em conta em comparação aos demais. São esses: