Siga o blog por e-mail

25/02/2018

Ainda existem blogs pessoais?


Estamos num tempo onde é super comum ouvir o termo "blogueiras", mas também as perguntas "As pessoas ainda leem blogs?" ou "Vale a pena criar um blog?" são igualmente recorrentes. Alguns dizem que o Youtube "tomou" o lugar dos blogs" e que se você quiser ter um retorno de público deve criar um canal porque vídeos são a forma que as pessoas estão consumindo informações no tempo de hoje.

É notável que os blogs diários com posts com poucas palavras, sem preocupação estética com imagens, parágrafos e SEO, e repletos de gifs e de detalhes do dia a dia não existem mais. Porém, nem todo mundo quer criar um blog com a visão de profissionalismo e de criação de imagem, uma forma bem bacana que promoveu mudanças na vida de algumas blogueiras que se consolidaram com parcerias e publicidade e bom engajamento com o público.

Contudo, é muito difícil não se livrar da nova roupagem que a Blogosfera foi ganhando com o passar dos dias. Afinal, produzimos conteúdo e temos que fazê-lo chegar a outras pessoas. Então a preocupação do blogueiro não é apenas a construção do post, mas o trabalho de criar uma Fanpage, um perfil no Instagram e no Pinterest, e até uma extensão como canal no Youtube, e atualizá-los diariamente, seguir perfis em comum, conseguir comentários, likes, engajamentos... Assumir um blog é assumir o termo de que é uma junção entre hobby + trabalho! Bem, talvez "trabalho" não signifique necessariamente "ser a sua profissão", mas que blog dá trabalho... dá, e muito!

Mas aonde eu quero chegar com tudo isso?

Falando por mim, meu blog é beeeem pessoal, e nem sempre algumas tarefas relacionadas ao blog me trazem saúde mental quando me consomem no dia a dia. Quando você cria um blog visando em crescimento e aliando isso ao que você gosta de trabalhar, de escrever, em ter retorno financeiro, em ter como sua profissão on-line ou até mesmo uma profissão extra, é super legal você investir em programar dias para posts, para divulgar diariamente em grupos de Facebook, enfim, viver de blog literalmente e administrar seu tempo para isso.

Só que, no meu caso, às vezes batia uma sensação de culpa por deixar a Fanpage do blog acumulada de links ou sem atualização, como o próprio caso do meu blog, mas eu não tenho "cabeça" ou inspiração no momento para criar posts que me exigem pesquisa e ter tanto retorno como em 2016 quando eu "vivi" para o blog. 

Meus textos comuns geram pouquíssimas visitas porque os textos mais pessoais não são um produto que as pessoas geralmente buscam no Google, mas são tudo o que eu posso oferecer no momento. E só de pensar em sempre estar on-line pra fazer pesquisas e tarefas de divulgação que não estou com total ânimo para cumprir já levam minha ansiedade ao pico e me geram um bloqueio ao qual eu não sei nem por onde começar.

E eu sei que tem muitos blogs que batem na tecla da categoria "pessoal" também, eu só não queria me sentir presa a sempre manter o blog como uma vitrine 100% atualizada de "produtos", e que não parecesse inferior a outros blogs no quesito de não se enquadrar tanto no que as pessoas de fora do mundo da Blogosfera acham que um blog é ou imaginam o que é ser um "blogueiro".

Eu quero alimentar o extinto de blogar por apenas puro prazer mesmo, falar palavras ao vento, desabafar sobre temas, sentar para escrever no computador quando tiver vontade sem me sentir frustada por não ter me virado nos 30 pra fazer mil tarefas relacionadas ao blog em uma semana. Mas a pergunta do post é: Ainda existem blogs pessoais? Ou então... As pessoas ainda leem blogs  pessoais? Bem, ao certo, eu não sei responder com precisão... Mas que existem existem...

Da mesma forma que muitas pessoas preferem ler blogs do que assistir a vídeos no Youtube, afinal, as pessoas fazem pesquisas na Internet e os blogs aparecem nas primeiras páginas do Google, trazendo informações que atendem ao interesse do leitor. Este post talvez esteja muito confuso porque faz dias que minha rotina é super louca com curso integral e mil atividades da vida afora, mas tirar esse tempinho pra desabafar tudo o que me vinha à mente foi necessário.

E uma coisa maravilhosa dos blogs pessoais é que você pode minimizar suas preocupações e descarregar o stress e negatividade que rondam a sua alma, porque blogar é um hobby, e de repente você recebe um misto de sensações boas só pelo fato de poder estar escrevendo, ainda que você não consiga voltar o seu blog para objetivos secundários, se entregar a tarefas como trabalhar para atrair visitas, engajamento e seguidores, atingir 10.000 visualizações em um post e faturar 100 dólares com ele no AdSense. O que, ressaltando, é maravilhoso quando o blogueiro está mentalmente disposto e feliz e realizado com isso, mas que se a realidade for diferente, também pode ser igualmente maravilhoso.

Vai ser legal parar pra pesquisar e trazer temas que dão mais engajamento, principalmente os relacionados à Blogosfera, quando eu estiver entusiasmada, porque eu não consigo fazer nada de maneira mais ou menos, e também não consigo produzir nada muito bem feito se estiver sem vontade e total disposição, paixão à entrega. 

Vou escrever pro blog de vez em quando, mas sempre que eu tiver o real impulso de escrever. Então se você é novo por aqui ou acompanha o blog, espero nos ver sempre que possível, num próximo momento de desabafo e escritas pessoais... Mas me conta aí, quais os blogs pessoais que você gosta de ler?

16/01/2018

Top5: Melhores posts de 2017


E enfim chegou 2018! - tô um pouquinho atrasada, mas tá valendo, õ/
E antes de começar o ano com um post de metas pessoais, resolvi começar com uma retrospectiva rapidinha do blog. O ano passado foi um ano cheio de novidades para mim e o blog não teve todo o foco que eu tive em 2016, quando eu o criei, mas isso não quer dizer que não tenha histórias para contar. 

Seguindo a Blogagem Coletiva de Janeiro do United Blogs, separei os 5 posts mais visualizados do ano passado para fazer um #Top5. São eles:


Separei 65 links sobre diversas categorias (mídia kit, SEO, Google Analytics, Divulgação etc.) em um único post. A ideia foi do projeto "Blogueira Madrinha" que teve no grupo United e eu trouxe o material de dicas para blogueiros que eu compartilhei para cá.

16/12/2017

Minha Retrospectiva 2017: Coisas para agradecer


Sempre é bom tirar um tempinho para pensar em tudo que vivenciamos e agradecer por tudo que nos aconteceu. É um exercício bem legal e que deve ser feito até em dias ruins, para que possamos entender sabiamente a dádiva que é viver cada coisa no seu tempo e ser feliz com tão pouco. 

Este post é no estilo bem pessoal mesmo, e como eu já vi outros blogs falando sobre gratidão como o Lista da gratidão, 5 coisas incríveis que conquistei em 2017 do blog Lamoonier, resolvi me inspirar e escrever meu post sobre esse tema <3

Janeiro

Fui aprovada no vestibular de Bacharelado em Educação Física da Universidade Federal de Pernambuco, minha então sonhada nova meta de profissão e em segundo lugar geral.


12/12/2017

Tutoriais para o seu blog


Eu resolvi atualizar o primeiro post de Tutoriais para Blogger com os novos tutoriais que eu encontrei na Blogosfera e sei que vai ajudar MUITA gente da mesma forma que me ajudou. Agora a lista já passa de 100 tutoriais, o que é ótimo. õ/

Se você estiver procurando por um item específico tecle CTRL + F e digite o que procura. Para tirar maiores dúvidas deixe um comentário nos blogs super bacanas que divulguei para falar diretamente com o autor/a autora do mesmo, mas qualquer coisa pode falar por aqui que eu tentarei ajudar. :)

Básicos
SEO

08/12/2017

06 Layouts incríveis para Blogger no Etsy


Eu já indiquei onde vocês podem comprar templates responsivos baratinhos no site Etsy neste post aqui, que como eu falei brevemente:

O Etsy é um site [de compras] internacional. Você precisa fazer cadastro e login para visualizar os preços na moeda brasileira e efetuar a compra via Paypal ou cartão de crédito ou débito. Assim que a compra é confirmada você recebe um e-mail com um link para download, super rápido, praticamente na hora.

O post de hoje é mais uma seleção e demonstração de alguns layouts que eu achei que seria interessante compartilhar, já que são bem mais elaborados que os layouts gratuitos e às vezes limitados que a gente encontra na internet. Os preços variam muito entre um e outro, por isso acessem o link de compra do layout original para melhores informações quanto o preço na moeda brasileira, de como vocês podem entrar em contato com os criadores de cada layouts e enfim. Espero que gostem! :)